Pão é tipo bom demais


    Fic Yoonmin ou Jihope

    Compartilhe
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Seg Nov 30, 2015 12:45 am

    Capítulo um: Dói

    _____


    Jimin
    ___

    Se tinha uma coisa da qual eu tinha certeza era de que eu amava Hope e disso eu não podia duvidar, ele era tudo a meu ver, ele era único, eu simplesmente o idolatrava, para mim Hope era mais que um simples primeiro amor, ele era a pessoa a qual eu gostaria de passar o resto de minha vida ao lado, eu amava o ver sorrir e fazia de tudo para o mesmo, se Hope estava feliz, eu também estava, isso era mais do que um fato, todos podiam ver isso até mesmo se fossem cegos usando uma venda nos olhos. Eu fazia de tudo por ele, absolutamente tudo, o que ele me pedia eu fazia, seja o que for. Muitos diziam que eu era idiota, outros diziam que eu era ingênuo, Hope apenas sorris e dizia que eu era um ótimo amigo e, dentre essas três, a opinião de Hope era a que mais me doía, não só pelo peso maior que ela tinha sobre mim, mas também pelo fato de Hope me ver apenas como um amigo, meu coração se apertava sempre que eu ouvia isso, mesmo que eu ainda ficasse feliz ao vê-lo sorrir.
    Porém, um dia, o sorriso de Hope me machucou muito, de um modo que eu nunca poderia explicar muito menos mostrar, não desejo essa dor nem para a pior pessoa no mundo, uma dor tão grande que ela não ficou apenas em meu peito, eu sentia meu corpo inteiro doer, como se o sangue que era bombeado levasse consigo e espalhasse toda a dor que meu peito carregava.
    Era de noite, e como sempre, todos nós – que no caso eram: eu, Hope, Jin, Rapmonster, Suga, Jungkook e V – tínhamos decidido nos encontrar no prédio abandonado de sempre, porém Hope havia se atrasado e tardava a chegar, mas digo que preferia que ele nunca tivesse ido. Ao chegar Hope estava com um sorriso, um sorriso bobo e apaixonado, e em suas mãos seu celular do qual não desviou a atenção nem mesmo quando nos cumprimentou, neste momento eu já sentia uma pequena dor em meu peito, como se meu corpo estivesse me preparando para o que viria, Suga decidiu então tirar uma com a cara de Hope
    “O que foi? Está apaixonado por acaso?” Perguntou rindo logo depois, e pela primeira vez na noite os olhos de Hope saíram do celular e se pousou em Suga sorrindo ainda mais para ele
    “Estou! Como adivinhou?! Vocês tem que conhecê-la! Ela é incrível!” Essas palavras vindas de Hope foram o suficiente para eu ouvir meu coração quebrar. Senti o olhar de Suga sobre mim, e eu o olhei, ele parecia preocupado comigo, apenas sorri minimamente e comecei a olhar par o chão.
    Ao meu redor eu ouvia a conversa de todos que perguntavam cada vez mais curiosos sobre a garota a qual Hope tinha se apaixonado, ele respondia a cada pergunta alegremente, sentia meu peito doer cada vez mais, a cada palavra que sai dos lábios de Hope era como uma facada em meu coração. Admito que quase comemorei ao sentir meu celular vibrar e começar a tocar em meu bolso, praticamente pulei para ficar em pé e pedi licença para atender a ligação. No final não tinha passado de um engano, mas mais ninguém precisava saber, dei uma desculpa qualquer a eles e sai rapidamente do local, praticamente correndo para fora do prédio enquanto eu finalmente deixava que as lágrimas saíssem de meus olhos, andei o mais rápido que pude para chegar em casa, para passar ainda mais rápido pela sala e segui para meu quarto, aonde me tranquei e ali desabei em minha cama, chorando até que o sono me dominasse.

    __

    Acordei tarde no outro dia, sentia minha cabeça doer e meu corpo estava quente, e sentia frio, muito frio, mesmo que o clima estivesse relativamente bom naquele dia, suspirei colocando a mão em minha testa sentindo a mesma incrivelmente quente, suspirei e alcancei o celular que se encontrava na escrivaninha do lado da cama, constatando que eu tinha ao todo quinze chamadas perdidas e no mínimo umas vinte mensagens apenas de Hope, as quais ignorei e apaguei todas, não estava com cabeça muito menos com o mínimo de vontade de falar com o outro, porém uma chamada me chamou a atenção, a de Suga, apenas uma no meio das do outro, mordi meu lábio antes de discar o número do loiro. Deveria ser recreio neste horário por isso logo Suga atendeu a chamada
    “Alô” A voz dele estava baixa, o que me fez achar que devia ter o acordado
    “é o Jimin” Disse e logo ouvi um bocejo do outro lado da linha e uma cadeira ser arrastada, o que me fez achar que Suga tinha se levantado
    “Por que não veio hoje? Hoseok está louco de preocupação. Ele ficou assim desde que saiu ontem sem mais nem menos e piorou ainda mais quando não veio hoje na aula” Disse Suga calmamente e com a voz sonolenta
    “Eu dormi de mais… Acabei de acordar na verdade” Respondi e olhei para o teto, ouvi Suga suspirar e logo muito barulho e logo depois a voz de Hope com a de Rapmonster e Jin “Eu tenho que desligar Suga… Minha mãe está me chamando”
    “Ah… Tudo bem Jimin….” Ouvi a voz de J dizendo que queria falar comigo e desliguei antes mesmo que ele pudesse dizer algo

    __

    Suga

    __

    Olhei para o celular desligado em minhas mãos e olhei para Hoseok que ainda tinha expectativas de falar com Jimin, franzi o cenho e guardei o celular no bolso
    “Ele desligou” Dei de ombros e voltei a me sentar na minha cadeira, desistindo de ir beber água
    Sentia meu sangue ferver por culpa do Hoseok, ele era um grande filho da puta insensível, junto com todos os outros que Jimin considera amigo, como podem eles incentivarem ao Hoseok a magoar o Jimin daquele jeito? Eles tem o que? Demência? Suspirei fundo e olhei para frente fechando os olhos logo em seguida
    “Por que ele ligou para o Yoongi mas não me ligou?! Eu tentei umas quinze vezes!” Ouvi Hoseok resmungar e logo ouvi ele discando alguns números, imaginei eu ser de Jimin e fui confirmado ao ouvir ele bufar irritado, sorri gratificante com isso
    “Deixe ele em paz Hoseok, se ele não te ligou é por que não quer falar com você” e abri os olhos olhando diretamente para o outro que logo virou seu olhar para mim. Não vou mentir e dizer que eu não tinha um sorriso vitorioso em meus lábios, Jimin havia me retornado, mesmo que eu tivesse feito uma única ligação, enquanto Hoseok nem mesmo com quinze conseguiu uma única mensagem de Jimin.

    __

    Olhava para a porta de Jimin que logo foi aberta pelo outro, que quando me olhou ficou surpreso
    “Suga hyung?” Ele perguntou me fazendo rodar os olhos e olhando bem do tipo 'quer mesmo a resposta?' o que o fez corar “Entra” Ele disse e me deixou entrar, olhei para a sala, normalmente arrumada do menor, e encontrei uma coberta em cima do sofá e muita besteira em cima da mesa
    “O que está fazendo?” Perguntei e o vi sorrir para mim e admito que o sorriso dele era incrivelmente lindo, como todo o resto. Talvez esteja um pouco na cara, ou não, eu não sei, mas eu simplesmente sou apaixonado por Park Jimin
    “Estou assistindo a um filme… Minha mãe mandou eu não sair do sofá para quase nada… Então nada melhor do que assistir a um filme” ele sorriu para mim mais uma vez enquanto apontava para sala “Ia começar a assistir Gente Grande, quer assistir junto?” Sorri para Jimin acenando que sim. Só a possibilidade de assistir a um filme sozinho com ele era o suficiente para me deixar de bom humor
    Me sentei no sofá maior enquanto esperava Jimin colocar o filme, o que não demorou muito para fazer, e logo se sentou ao meu lado, colocando a cabeça em meu colo logo depois, instintivamente levei minhas mãos até os fios marrons e comecei a acariciá-lo e posso afirmar que não prestei a mínima atenção no filme.

    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Seg Nov 30, 2015 5:46 pm

     Capítulo 2: Não Consigo


    Simplesmente me doí ver Hope tão feliz, sinto meu peito de apertar enquanto eu olhava para o maior que me contava animadamente algo sobre a garota pela qual se apaixonou, dizendo o quando ela era linda, perfeita, e que tinha um belíssimo corpo… Um belíssimo corpo… Cheio de curvas imaginava eu, com seios… Algo que eu nunca teria… Hope nunca olharia para mim ou falaria sobre mim como está falando sobre ela nesse momento, ele nunca falaria de mim com o brilho nos olhos que tinha neste momento, muito menos suspiraria apaixonadamente quando falasse meu nome. Isso doía… Eu simplesmente não conseguia ficar feliz por Hope.
    “Jimin… Está me ouvindo?” Ele perguntou me fazendo piscar algumas vezes
    “Desculpe… Acho que não” Olhei para baixo envergonhado
    “Eu sabia!” Ele diria acusadoramente “Preste atenção Jimin! Isso é importante para mim! Você nunca se apaixonou?” Ele perguntou me fazendo gelar, engoli em seco
    “Sim… Uma vez….” Respondi olhando para o chão, eu não conseguia o olhar.
    “Então você sabe como eu me sinto!” Diria ele animado e voltaria a falar sobre a garota “Você precisa conhecer ela Jimin!” Ele disse me abraçando pelos ombros me levando de encontro ao corpo dele.
    Admito que nunca fiquei mais feliz em toda a minha vida ao ver Rapmonster se aproximando de mim e de Hope, e então pegar em minha mão
    “Eu preciso roubar o Jimin de você Hope.” Ele disse enquanto me puxava para longe de Hope.
    “Aconteceu algo Rapmon?” perguntei preocupado achando que seria algo importante, logo depois ele se virou para mim, ele parecia apavorado
    “Eu me declarei para o Jin” Ele disse, percebi então que ele tremia. Demorei alguns segundos para poder digerir a fala do maior e sorrir para o mesmo
    “Isso é ótimo!” Eu disse ainda sorrindo para o mesmo
    “Nem tanto… Jin simplesmente ficou me olhando e depois… Simplesmente correu para longe sem me falar nada” O loiro suspirou e se encostou na parede se deixando escorregar pela mesma, os corredores estavam relativamente vazios naquele horário, muitos alunos ainda estavam na cantina.
    “Hn… Isso realmente não é bom…” Eu disse e então senti meu celular vibrar, abri apenas para ver uma mensagem de suga 'Jin está aqui desesperado… Rapmonster se declarou para ele e ele não faz ideia do que fazer' Não pude deixar de rir com isso, esses dois realmente se amavam, pena que eram tão incompetentes e não conseguiam nem se declarar um para o outro direito. “Deixa ele digerir um pouco a informação Rapmon… Ele deve estar um pouco… Confuso ainda” Diria sorriso para o loiro, que em olharia
    “Acha que é só isso? Será que ele não me odeia ou qualquer coisa do tipo?” Ele parecia apavorado com a ideia, o que me fez rir
    “Já viu Jin odiar alguém Rapmon?” Vi ele negar com a cabeça “Então. Apenas aguarde”

    __

    Olhei para Suga de canto, ele tinha se prontificado para me levar em casa, o que me fez estranhar, porem assim que ele falou isso o sorriso de Hope se desmanchou e soltou um resmungo baixo dizendo que ia pedir primeiro, e me fez prometer que amanhã voltaria com ele para a casa. Mordi meu lábio só em pensar ficar sozinho com Hope sem estar rodeado de pessoas como na escola, onde eu poderia simplesmente fugir dizendo que alguém me chamava. Vi Suga retribuir o olhar que eu lhe dava e rapidamente o desviei.
    “Por quanto tempo vai ficar se torturando?” Perguntou me fazendo o olhar
    “Do que está falando?” Respondi com outra pergunta o que não deixou Suga muito feliz
    “Você fica ai ouvindo Hope falar sobre a tal garota? Eu sei o que sente por ele.” Suga disse olhando para frente como se tudo fosse mais importante do que tinha acabado de falar, não consegui evitar de arregalar os olhos
    “Como?” Perguntei fazendo ele rir baixo
    “Mais transparente que você apenas água Jimin.” Respondeu “Qualquer um perceberia se olhassem com um pouco de atenção” Suga daria de ombros o que me fez morder o lábio “Quero dizer, menos o Hoseok. Ainda fico impressionado por ele ter sido capaz de descobrir que estava apaixonado.” Deu de ombros me fazendo rir
    “Fica tão na cara assim?” Perguntei depois de um tempo
    “Apenas eu sei.” Ele afirmou “Rapmonster e Jin estão ocupados de mais olhando um para o outro, Hoseok é um idiota de primeira, Jungkook é bem desligado e bem… Não vamos nem comentar sobre o Taehyung” sorri aliviado por isso
    “Como descobriu? O que lhe deu certeza?” Perguntei enquanto olhava para o chão
    “Eu só duvidava, você fazia de tudo por ele. Mas tudo foi confirmado quando vi seu rosto de dor ao ouvir que J tinha se apaixonado” Não pude deixar de corar e sorri aliviado ao ver que já estávamos em frente a minha casa. Olhei para Suga que naquele momento estava bem perto de mim “Não se preocupe Jimin, quando menos esperar você já vai ter esquecido ele” O sussurro veio em meu ouvido me fazendo arrepiar, e do mesmo modo que se aproximou Suga se afastou sorrindo minimamente e depois passando reto por mim, indo em direção a sua casa. Enquanto isso eu sentia meu coração acelerado e uma duvida me rondando enquanto não fazia ideia do que Suga quis dizer com aquilo

    __

    Jin

    __

    Eu ainda estava muito confuso, como assim Rapmon era apaixonado por mim? Isso era impossível… Só podia ser uma brincadeira de mal gosto, mesmo que Suga tivesse dito que Rapmon estava sendo verdadeiro. Suspirei olhando para o chão do prédio abandonado e foi então que ouvi sons de passos e levantei os olhos, encontrando o loiro ali, ele sorriu constrangido
    “E ai Jin” Foi o que ele disse, franzi o cenho irritado
    e ai Jin? Que tipo de merda você tem na cabeça Rapmon? Isso lá é coisa para se dizer para alguém que acabou de se declarar?!” Perguntei me levantando, o vendo suspiraria
    “Bem… Você simplesmente correu de mim quando eu falei… Preferi tentar outra abordagem….” Rapmon deu e ombros me fazendo corar um pouco e me aproximar dele
    “Então não estava brincando?” Perguntei vendo sua face se tornar confusa
    “E por que raios eu brincaria com uma coisa dessas?” Ele me perguntou cruzando os braços
    “Eu não sei, você é simplesmente idiota Rapmon, tem coisas que eu até deixei de tentar entender” Dei de ombros vendo o outro rodar os olhos e se aproximar de mim, me puxando para si e selando nossos lábios em um beijo simples e calmo, sem nenhum aprofundar maior, quando nos separamos um sorriso estava nos lábios do maior o que me fez corar
    “Isso te prova que eu não estava brincando? Eu realmente te amo Jin” Ele disse sorrindo e passando a mão em meu rosto o que me fez corar mais uma vez
    “Eu também te amo Rapmon...” Sussurrei e logo senti os lábios do outro nos meus, em poucos segundos eu me encontrava deitado com o outro por cima de mim e um sorriso malicioso em seus lábios
    “Eu já esperei de mais Jin, não consigo me controlar” Respirei fundo e mordi o meu lábio antes de o responder
    “Não se segure Najoon” E então senti seus lábios sobre os meus mais uma vez


    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Ter Dez 01, 2015 12:40 am

     Capítulo três: Por que raiva?
    _____




    Jimin
    ___


    Como fui ficar doente? COMO RAIOS eu fui ficar doente? Eu simplesmente não sei. Bufei olhando para o teto do quarto eu realmente estava super entediado. Desde que Suga veio me acompanhar em casa dois dias se passaram e os dois eu não fui na aula, não por que queria fugir de Hope, o que também era verdade, mas pelo simples motivo de que eu só piorei desde aquele dia. E hoje, mais uma vez, Suga veio aqui após a aula ver como eu estou
    “Hoseok está doido para vir te ver” Ele disse e eu suspirei enquanto continuava a copiar a matéria que perdi “Ele não entende que você está doente, e ainda diz 'por que você pode ir e eu não?'” Não pude evitar de rir com a tentativa de Suga de imitar Hope
    “Diz que eu não estou disposto para ver ninguém… E que você nem fica para esperar o caderno” Falei e olhei para a folha cheia com a, que é linda caso queiram saber, letra de Suga e logo copiava o que estava escrito
    “Ele não vai cair nessa Jimin, você sabe disso, conhece Hoseok muito melhor que eu” Suga disse dando de ombros.
    Suspirei e fechei o caderno de Suga, havia terminado de copiar toda a matéria do dia, olhei para Suga no mesmo instante que eu via o flash do celular ser acionado e praticamente me cegar
    “Caralho Suga!” Disse irritado passando a mão no olho e depois olhando para o garoto
    “Culpa sua” Ele disse sorrindo “Não mandei olhar para mim agora” daria de ombros e depois sorriria pedinte “Só uma foto comigo Jimin… Por favor” E me fez rodar os olhos de novo
    “Eu estou acabado Suga…. Eu não quero tirar foto agora” Disse corando um pouco
    “Qual é! Você está perfeito! Por favor! Por seu hyung que te faz tudo!” Pediu mais uma vez e eu me ouvi suspirar derrotado
    “Só uma!” Eu avisei e vi um sorriso em seu rosto enquanto se aproximava de mim e me abraçava pelos ombros, logo tirando uma foto “Agora vamos jogar alguma coisa” afirmei e vi Suga sorrir mais uma vez, e senti algo esquentar dentro de mim


    __


    J-Hope


    __


    Bufei irritado enquanto tacava meu celular no sofá e puxava meus cabelos já tinha ligado para Jimin umas cinquenta vezes só naquela tarde, e ele não me atendia! Ele simplesmente me ignorava! O melhor amigo dele! Devia estar com aquele idiota do Yoongi
    “Hope… Para com isso… Vai arrancar alguma coisa dai” Levantei o olhar para Kookie que se sentou ao meu lado, olhei para ele com certa raiva, que merda ele queria “Tente ver… Talvez o Jimin apenas não queira te contaminar” Ele tentou e me fez rodar os olhos
    “Eu to pouco me fodendo se ele quer ou não que eu me contamine! Como ele pode dizer para mãe dele que não quer me receber?!” Perguntei “Eu sou o melhor amigo dele!” levantei e fui até o saco de areia velho que tinha no local, este que sempre era utilizado por Jimin, e comecei a socar ele diversas vezes realmente irritado e quando parei me encontrava ofegante.
    Eu não tinha ideia do que estava me deixando tão irritado, mas eu simplesmente sentia meu sangue ferver só de pensar que Jimin aceitava a companhia de Suga mas recusava a minha, que merda eu tinha feito para o menor? Se eu não tinha feito nada, por que raios ele estava me ignorando e me afastando? Eu estava muito frustrado com tudo aquilo. Me deixei sentar no chão enquanto ouvia duas risadas entrando no local, virei minha cabeça para trás, visto que estava de costas para a entrada, para ver Rapmon e Jin entrarem pela porta, Rapmon sussurrava coisas ao ouvido de Jin, algumas o faziam corar um pouco, outras ele simplesmente rodava os olhos e ria baixo.
    Era legal ver eles se dando bem, porém nunca imaginei que Rapmon era gay, ele realmente conseguia esconder isso bem. Me permiti deitar no chão, faltava apenas Yoongi e Jimin, este último eu duvidava que viria. Pelo menos até eu ouvir uma risada relativamente alta e um Jimin ofegante entrar no local
    “Para hyung! Eu não posso correr! Não estou me sentindo bem!” Diria para Yoongi que entrava logo depois dele ofegante também, e acenava para nós, franzi meu cenho com isso, desde quando Yoongi era alguém divertido? Que eu sabia desde nunca!
    “Desculpe Jimin” Ele disse e depois abraçou os ombros do outro e beijou a bochecha do mesmo, vi Rapmon e Jin sorrirem felizes para os dois, porém não como eles sorriam quando iam contar sobre o relacionamento deles, era mais como se eles estivessem feliz por Yoongi, não consegui entender muito bem o porquê disso, mas não me interessei muito se quer saber.
    “Olá pessoas” Jimin cumprimentou a todos e se sentou no sofá assim que pode, TaeTae e Kookie conversavam baixinho, imaginava eu sobre o que eles falavam, mas optei por não prestar atenção nisso e voltei meu olhar para Jimin
    “Por que não me atende?” Perguntei vendo o moreno franzir o cenho e depois sorrir constrangido passando a mão pela nuca
    “Eu perdi o celular em casa e não consigo achar de jeito nenhum, nem mesmo com a ajuda do Suga-hyung eu consegui achar” Rodei os olhos e me levantei do chão sentando ao lado de Jimin
    “Se sente melhor?” Perguntei colocando a mão em sua testa e constatando que ainda estava bem quente “Você está com febre, deveria ter ficado em casa”
    “Não dava… Suga hyung queria muito que eu viesse” Ele disse sorrindo e depois foi abraçado por Yoongi que sorriu para mim, logo depois voltando a olhar para a tela do celular e mostrando para Jimin, que se encostou nele pra ver o que era. Senti meu sangue ferver ainda mais, aquela seria uma longa noite. Muito longa.


    __


    Suga


    __




    Ter irritado Hoseok na noite passada tinha sido muito mais do que satisfatório, ver ele se corroer de raiva enquanto Jimin estava ao meu lado, enquanto eu abraçava o menor, mesmo que eu esteja estranhando tudo isso, não entendi o por que de tanta raiva dele assim, visto que ele estava perdidamente apaixonado por aquela garota lá… Como é o nome mesmo? Não consigo lembrar de jeito nenhum, bem, tanto faz de qualquer forma. Neste momento eu estava na casa de Jimin, era pouco depois das duas da tarde e estava muito quente. Eu olhava para tela do computador tentando não olhar para a cena que Jimin fazia, como era difícil para mim ver ele fazendo aquele belo trabalho com a boca, eu queria tanto que uma parte específica do meu corpo estivesse em contato com ela. Acabei me arrepiando só de imaginar a cena.
    Passar praticamente o dia todo com o Jimin sem poder o tocar, o beijar, o acariciar era uma tarefa muito árdua e difícil, eu simplesmente queria poder ir até ele e o amar como nunca foi amado, Jimin era uma pessoa incrível, alguém que merecia amar e ser amado, ele não merecia sofrer por Hoseok desse jeito, mas eu realmente fico feliz ao ver um sorriso seu quando estou por perto. Neste exato momento Jimin estava com um sorvete nas mãos, e enquanto se saboreava com ele não imaginava o quão sexy e provocante estava, mesmo que inconscientemente, eu estava me segurando muito para não o beijar.
    Dei graças quando o menino terminou de comer, aliviado por ter conseguido aguentar esses minutos torturantes, porém eu comemorei cedo de mais, logo que terminou Jimin se aproximou de mim e sentou-se em meu colo, sorrindo logo depois
    “O que vamos fazer agora?” Ele perguntou ainda com um sorriso… Tão perto. Era a única coisa que eu conseguia pensar, Jimin estava tão perto que eu não consegui me segurar, me aproximei de seu rosto e juntei nossos lábios em um beijo, que pegou Jimin de surpresa, em primeiro momento ele não retribuiu, ficou estático, porém pouco depois senti as mãos de Jimin irem para meu pescoço e o beijo ser retribuído. A boca de Jimin era um paraíso de tão deliciosa, seu gosto era tão magnífico, o modo como beijava, o modo como suas mãos se moviam timidamente em minha nuca, o modo como sua língua tentava 'batalhar' com a minha e facilmente perdia me fazia viciar naquele toque.
    Ao nos separarmos eu não sei o que deu em mim, nem o por que eu disse aquilo, porém eu simplesmente ouvi sair de meus lábios “Eu te amo Jimin”, o mais novo me olhou surpreso, como se não esperasse nada do tipo, porém logo um sorriso brotou em seu rosto, não tive uma resposta, o que me machucou, eu admito, mas eu sempre soube que o mesmo não me amava, mas só o fato de ser aceito já me era o suficiente.
    Voltei a beijar o menor, um beijo mais quente desta vez, minhas mãos foram para sua cintura, brincaram com a mesma, acariciando a pele do outro, subindo por dentro da camisa que ele trajava, esta que foi retirada poucos segundos depois, para então me dar livre acesso ao corpo do menor, minhas mãos subiam e desciam pelas costas do mesmo, trilhando o caminho que sua coluna fazia, até então finalmente descer para nádegas do outro e as apertar, fazendo com que Jimin gemesse em minha boca, mas como tudo que é bom acaba. Naquele momento incrível ouvimos a porta ser aberta, Jimin demorou um pouco para raciocinar e se afastar de mim surpreso. A única coisa que eu sentia nesse momento era raiva do filho da puta que tinha resolvido aparecer justo naquele momento


    __


    J-Hope


    __


    Jimin havia piorado, foi o que Yoongi disse para Rapmon quando afirmou que não poderia vir para a aula hoje, o que me fez ficar irritado, incrivelmente irritado, por que ele cuidaria do Jimin? A mãe do menor podia muito bem fazer isso, aquele loiro de farmácia não tinha que o fazer, e mesmo que alguém tivesse que ir por que não eu? Eu estava muito frustrado, muito mesmo. Passei o dia inteiro irritado, nem mesmo as mensagens de quem eu estava apaixonado me acalmaram. Passei o dia inteiro olhando para o relógio de cinco em cinco segundos, e não era diferente naquele momento, faltava tão pouco para o sinal tocar. E foi então que eu ouvi o mesmo. Me levantei rapidamente e guardei o meu material o mais rápido que pude e sai correndo da escola, eu queria ver Jimin e não seria hoje que eu deixaria de o fazer.
    Ao chegar na casa dele quem atendeu foi sua mãe, ainda afirmando que Jimin não estava bem e que não queria receber visitas, sorri para a mesma e usei a desculpa de que tinha vindo entregar a matéria do dia que o próprio Jimin havia pedido, ela então sorriu e me deixou passar. Era claro que era mentira, eu nem tinha a matéria do dia. Corri animadamente para o quarto do mais novo e abri a porta, me arrependendo assim que o fiz. Ao abrir a porta encontrei algo que me deixou surpreso. Jimin e Suga aos beijos, Jimin já se encontrava sem camisa, demorou um pouco para ele se tocar do que acontecia e então olhar para mim com a surpresa estampada no rosto. Eu não tinha certeza se era claro exteriormente o que eu sentia, porém a única coisa que eu conseguia sentir era raiva. Raiva de Yoongi por se atrever a tocar em Jimin deste modo, como ele podia poluir Jimin desse jeito? Como podia ele levar Jimin para o mal caminho e o seduzir? A única coisa que eu queria fazer naquele momento era socar aquele loiro até a morte.


    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Sab Dez 05, 2015 7:48 pm

    Capítulo quatro: Me desculpe


    _______________________

    Jimin

    _____________


    Meu olhar estava preso em Hope parado na porta, seus olhos transmitiam a raiva que ele sentia naquele momento, uma raiva qual eu não compreendia, eu simplesmente não entendia o por que dele estar tão irritado com isso. Eu não entendia mais nada, me levantei rapidamente procurando minha camisa, Suga apenas apontou para a mesa atrás de mim, onde ele havia colocado. Me virei e a vesti rapidamente, olhando para Hope que ainda parecia bem irritado.
    Suga se levantou da cadeira, ainda não tinha visto quem era porém já parecia prestes a socar alguém, e sua expressão não melhorou ao se virar e encontrar Hope nos olhando. “Só podia ser” Suga reclamou e passou a mão pelos cabelos loiros, olhando para Hope depois “Tinha que ser um estraga prazeres não é Hoseok?” Ele perguntou fazendo com que Hope voltasse do 'choque'. Hope riu sarcasticamente e deu um passo para frente
    “Faça-me o favor Yoongi. Como pode fazer isso com o Jimin. Ele não é outro de seus troféus sabia?” Ele perguntou ainda irritado dando mais um passo para frente “Você não vai usar ele e exibir para todos e quando ganhar algo melhor jogá-lo fora. EU não vou deixar” E deu mais um passo. Entrei rapidamente na frente de Suga fazendo com que Hope me olhasse “Por que deixou que ele fizesse isso?” Ele perguntou me fazendo abaixar o olhar, não tinha o que responder. Nem eu mesmo sabia o que responder.
    Hope riu e saiu do quarto com pressa, mordi o lábio e comecei a ir atrás do mesmo, mas fui segurado por Suga. “Se você for Jimin… Vai estar me dizendo que escolheu ele…” Eu não sabia mais o que fazer, ou eu ia… Ou eu ficava. Porém eu… Eu estava preocupado com Hope… Mordi meu lábio inferior e olhei para baixo, e depois olhei para a porta. “Me desculpe Suga” e soltei-me dele indo atrás de Hope

    __

    O alcancei assim que saiu da casa, segurei seu braço e o fiz me olhar “Me deixe explicar…” Falei, porém eu não sabia o que dizer, não sabia o que eu tinha para explicar, muito menos o porque que eu tinha que explicar algo para Hope, porém elas(as palavras) saíram de meus lábios. Hope me olhou como esperasse que eu continuasse “Não é nada do que você pensou… Eu e o Suga… Não temos nada” Disse e fiz Hope rogas os olhos
    “Não era o que parecia.” Ele suspirou então e passou a mão pelo cabelo “Olha Jimin… Eu entendo que você esteja meio que… hn… Confuso com a sua sexualidade, mas Suga definitivamente não é a melhor pessoa para te ajudar com isso… Ele vai te magoar muito” Não pude evitar franzir o cenho ao ouvir suas palavras… Ele achava que eu… Quase bufei frustrado “Agora eu entendo um pouco melhor por que se afastou de mim… Você estava confuso com o que sentia. Mas você vai ver Jimin, quando achar uma garota que você goste essas dúvidas vão sumir” Ele sorriu e me fez dar meio passo para trás… Uma garota… Ri sem humor
    “É… Acho que tem razão, me desculpe por ter me afastado” Me doeu… Mas eu não conseguia dizer a verdade a Hope, era impossível, o mesmo me abraçou e beijou minha testa
    “Você vai ver, logo tudo isso vai passar” E se despediu de mim… Indo embora. Entrei em minha casa apenas para ver Suga descendo as escadas com suas coisas arrumadas na bolsa que tinha trazido consigo, visto que ele ia dormir em casa. Mordi meu lábio antes de me pronunciar “Onde você vai?” Perguntei com um pouco de medo de ser tratado mal.
    Suga, no entanto, apenas me olhou como costumava a fazer antes de nos aproximarmos. Indiferente. “Para casa. Você já está melhor. Não preciso mais ficar aqui” Sua voz estava calma. O vi se sentar ao meu lado enquanto calçava o tênis “Só quero que esqueça essa tarde.” Disse ainda irritantemente calmo e sem emoções além dessa, eu não sabia dizer o que ele estava sentindo naquele momento, mas sei que meu peito doeu quando ele se levantou e me olhou de modo frio. “Não era verdade de qualquer jeito. Hoseok estava certo. Eu apenas queria mais um troféu para minha coleção” e deu de ombros saindo da casa.
    Eu não sabia o que tinha me doido mais. Hope achar que eu me afastei por que estou confuso com a minha sexualidade e ignorar totalmente que eu possa já ter certeza dele, que eu possa talvez o amar. Ou Suga me tratar daquele modo, indiferente, e dizer aquelas palavras, sendo ou não falsas… Eu só sei que me doía. Muito.

    __

    Suga

    _____

    Assim que sai da casa de Jimin senti meu peito doer, ele tinha escolhido Hope, não havia nada que eu pudesse fazer, era aquele idiota que ele queria. Caminhei rapidamente para meu apartamento, este qual eu dividia com Rapmonster, e posso dizer que não é muito agradável ter que voltar agora. É mais de 100% de chance que Jin esteja lá.
    E como eu estou com muita sorte, ao entrar pela porta já encontro o casal quase se comendo no sofá “Namjoon, eu não me importo mesmo que traga seu namorado, mas se forem se comer, que façam isso no quarto” Falei enquanto jogava minha mochila nas costas do maior e ia para a cozinha
    “Boa tarde para você também Suga.” Disse o outro claramente irritado para depois suspirar. Rodei os olhos e ignorei o mesmo, e continuei a procurar algo para comer “Pensei que ia dormir na casa do Jimin hoje” Rapmon voltou a se pronunciar me fazendo fechar a cara
    “Ele não precisava mais de mim, principalmente depois que o Hoseok apareceu.” Jin que até agora se mantinha em silêncio me olhou com curiosidade
    “O que aconteceu Suga?” Ele perguntou gentilmente. Olhei para Jin e fiquei me perguntando o que raios ele tinha visto em Namjoon.
    “Eu beijei o Jimin e me declarei para ele. E quando estávamos quase transando o idiota do Hoseok apareceu e estragou tudo. Jimin foi atrás dele e me recusou totalmente.” Dei de ombros e voltei para sala ao perceber que não tinha realmente nada para comer, Jin me olhava visivelmente preocupado, sorri para ele “Não se preocupe com isso. Já esperava algo do tipo no momento que falei” Dei de ombros “No final eu simplesmente menti e disse que o Hoseok estava certo e que eu só queria mais um troféu para a minha coleção. Hoseok sai como herói para o Jimin, ele me odeia e esquece a idiotice que eu disse em um momento de fraqueza” Falei enquanto tentava conter a vontade de chorar. Apenas vi Jin se levantar e me abraçar, dizendo que ia ficar tudo bem enquanto lágrimas começavam a escorrer pelos meus olhos

    ___

    Rapmonster

    ___

    Ver Suga daquele jeito me quebrava. E isso durou mais umas duas semanas, antes de ele finalmente levantar a cabeça e seguir em frente. Voltou a frequentar o prédio abandonado conosco, porém ficava pouco e logo saia, dizendo que tinha umas coisas a fazer. Nunca descobri o que era essas coisas, mas sei que elas faziam com que Suga voltasse tarde e dormisse muito pouco, além de sempre o ver com marcas pelo corpo. Fico em dúvida se Suga simplesmente saiu socando qualquer um que aparecesse ou se fez o contrário e saiu amando qualquer um que aparecesse.
    Ver meu melhor amigo naquele estado fazia meu peito doer, eu vi que até mesmo Jin não estava gostando do modo que Suga estava. Ou do modo que ele olhava para Jimin quando o mesmo brincava com o Hope, e sorria, como se nunca tivessem se afastado, como se Suga nunca tivesse se aproximado dele e aquilo estava me cansando. E admito, com muito pesar logicamente, que fiquei feliz ao ver o rosto de dor de Jimin quando Hope disse que havia pedido a tal garota em namoro.
    “N-namoro?” Perguntou Jimin, aparentemente desolado. Senti por ele também, mas era bom ele sofrer um pouco pelo que fez com Suga
    “Sim! E ela aceitou! Agora não tem mais desculpa Jimin! Você VAI conhecer ela!” Hope dizia animado e depois olhou para nós “E vocês também, eu já combinei com ela certinho e só falta ver se tudo bem para vocês ser esse fim de semana na minha casa.”
    Olhei para Suga que parecia pouco preocupado com o que acontecia a sua volta, seu olhar fixo no celular enquanto digitava ou vez ou outra apenas deslizava o dedo pela tela, cutuquei ele com meu cotovelo e o fiz me olhar “Que foi?” Ele perguntou claramente irritado
    “Hope quer saber se está tudo bem a gente ir esse fim de semana conhecer a namorada dele” No momento que eu terminei a frase os olhos de Suga rapidamente procuraram Jimin, que ainda estava em silêncio e de cabeça baixa, tentando engolir a ideia de que Hope estava com outra.
    Percebi que Suga acabou estremecendo, porém logo balançou a cabeça negativamente e sorriu para Hope “Conhecer a louca que aceitou namorar o Hoseok? Claro que quero ir. Adoro ver esquisitice de graça” E sorriu para Hope que fechou a cara. Todos acabamos confirmando. Mas meu olhar parou mesmo em Jimin na sua vez
    “E ai Jimin, tudo bem para você?” Perguntou Hope incrivelmente animado para que Jimin dissesse sim. Jimin levantou o olhar e me olhou, como se pedisse ajuda para o tirar daquilo, eu simplesmente dei de ombros e abracei Jin que nem olhar para o menor o fazia. Jimin mordeu o lábio e olhou para Hope

    __

    Jimin

    __

    Eu não podia recusar, Hope queria que eu fosse, Suga nem se quer falou comigo desde aquele dia. Rapmonster lavou as mãos, eu estava na merda. Definitivamente na merda. Não tinha escolha a não ser aceitar ver Hope com aquela garota e sentir meu coração finalmente quebrar de vez. Coloquei um sorriso em meus lábios
    “Claro. Por mim tudo bem” falei, porém claramente não estava bem, eu estava muito mal, Hope, no entanto, nem percebeu nada, ou simplesmente ignorou e me abraçou animadamente
    “Eu sabia! Você é de mais Jimin! Eu te amo!” Ele disse sorrindo e depois beijou minha bochecha, senti meu coração se aquecer minimamente, mesmo sabendo o que viria logo depois “Você é o melhor amigo do mundo, tenho certeza que vai amar conhecer ela!” E com mais uma apunhalada meu coração rachou mais uma vez, ele estava a um passo de quebrar, e esse último movimento aconteceria amanhã, neste bendito jantar.

    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Sab Dez 05, 2015 7:48 pm

     Capítulo quatro: Me desculpe


    _______________________

    Jimin

    _____________


    Meu olhar estava preso em Hope parado na porta, seus olhos transmitiam a raiva que ele sentia naquele momento, uma raiva qual eu não compreendia, eu simplesmente não entendia o por que dele estar tão irritado com isso. Eu não entendia mais nada, me levantei rapidamente procurando minha camisa, Suga apenas apontou para a mesa atrás de mim, onde ele havia colocado. Me virei e a vesti rapidamente, olhando para Hope que ainda parecia bem irritado.
    Suga se levantou da cadeira, ainda não tinha visto quem era porém já parecia prestes a socar alguém, e sua expressão não melhorou ao se virar e encontrar Hope nos olhando. “Só podia ser” Suga reclamou e passou a mão pelos cabelos loiros, olhando para Hope depois “Tinha que ser um estraga prazeres não é Hoseok?” Ele perguntou fazendo com que Hope voltasse do 'choque'. Hope riu sarcasticamente e deu um passo para frente
    “Faça-me o favor Yoongi. Como pode fazer isso com o Jimin. Ele não é outro de seus troféus sabia?” Ele perguntou ainda irritado dando mais um passo para frente “Você não vai usar ele e exibir para todos e quando ganhar algo melhor jogá-lo fora. EU não vou deixar” E deu mais um passo. Entrei rapidamente na frente de Suga fazendo com que Hope me olhasse “Por que deixou que ele fizesse isso?” Ele perguntou me fazendo abaixar o olhar, não tinha o que responder. Nem eu mesmo sabia o que responder.
    Hope riu e saiu do quarto com pressa, mordi o lábio e comecei a ir atrás do mesmo, mas fui segurado por Suga. “Se você for Jimin… Vai estar me dizendo que escolheu ele…” Eu não sabia mais o que fazer, ou eu ia… Ou eu ficava. Porém eu… Eu estava preocupado com Hope… Mordi meu lábio inferior e olhei para baixo, e depois olhei para a porta. “Me desculpe Suga” e soltei-me dele indo atrás de Hope

    __

    O alcancei assim que saiu da casa, segurei seu braço e o fiz me olhar “Me deixe explicar…” Falei, porém eu não sabia o que dizer, não sabia o que eu tinha para explicar, muito menos o porque que eu tinha que explicar algo para Hope, porém elas(as palavras) saíram de meus lábios. Hope me olhou como esperasse que eu continuasse “Não é nada do que você pensou… Eu e o Suga… Não temos nada” Disse e fiz Hope rogas os olhos
    “Não era o que parecia.” Ele suspirou então e passou a mão pelo cabelo “Olha Jimin… Eu entendo que você esteja meio que… hn… Confuso com a sua sexualidade, mas Suga definitivamente não é a melhor pessoa para te ajudar com isso… Ele vai te magoar muito” Não pude evitar franzir o cenho ao ouvir suas palavras… Ele achava que eu… Quase bufei frustrado “Agora eu entendo um pouco melhor por que se afastou de mim… Você estava confuso com o que sentia. Mas você vai ver Jimin, quando achar uma garota que você goste essas dúvidas vão sumir” Ele sorriu e me fez dar meio passo para trás… Uma garota… Ri sem humor
    “É… Acho que tem razão, me desculpe por ter me afastado” Me doeu… Mas eu não conseguia dizer a verdade a Hope, era impossível, o mesmo me abraçou e beijou minha testa
    “Você vai ver, logo tudo isso vai passar” E se despediu de mim… Indo embora. Entrei em minha casa apenas para ver Suga descendo as escadas com suas coisas arrumadas na bolsa que tinha trazido consigo, visto que ele ia dormir em casa. Mordi meu lábio antes de me pronunciar “Onde você vai?” Perguntei com um pouco de medo de ser tratado mal.
    Suga, no entanto, apenas me olhou como costumava a fazer antes de nos aproximarmos. Indiferente. “Para casa. Você já está melhor. Não preciso mais ficar aqui” Sua voz estava calma. O vi se sentar ao meu lado enquanto calçava o tênis “Só quero que esqueça essa tarde.” Disse ainda irritantemente calmo e sem emoções além dessa, eu não sabia dizer o que ele estava sentindo naquele momento, mas sei que meu peito doeu quando ele se levantou e me olhou de modo frio. “Não era verdade de qualquer jeito. Hoseok estava certo. Eu apenas queria mais um troféu para minha coleção” e deu de ombros saindo da casa.
    Eu não sabia o que tinha me doido mais. Hope achar que eu me afastei por que estou confuso com a minha sexualidade e ignorar totalmente que eu possa já ter certeza dele, que eu possa talvez o amar. Ou Suga me tratar daquele modo, indiferente, e dizer aquelas palavras, sendo ou não falsas… Eu só sei que me doía. Muito.

    __

    Suga

    _____

    Assim que sai da casa de Jimin senti meu peito doer, ele tinha escolhido Hope, não havia nada que eu pudesse fazer, era aquele idiota que ele queria. Caminhei rapidamente para meu apartamento, este qual eu dividia com Rapmonster, e posso dizer que não é muito agradável ter que voltar agora. É mais de 100% de chance que Jin esteja lá.
    E como eu estou com muita sorte, ao entrar pela porta já encontro o casal quase se comendo no sofá “Namjoon, eu não me importo mesmo que traga seu namorado, mas se forem se comer, que façam isso no quarto” Falei enquanto jogava minha mochila nas costas do maior e ia para a cozinha
    “Boa tarde para você também Suga.” Disse o outro claramente irritado para depois suspirar. Rodei os olhos e ignorei o mesmo, e continuei a procurar algo para comer “Pensei que ia dormir na casa do Jimin hoje” Rapmon voltou a se pronunciar me fazendo fechar a cara
    “Ele não precisava mais de mim, principalmente depois que o Hoseok apareceu.” Jin que até agora se mantinha em silêncio me olhou com curiosidade
    “O que aconteceu Suga?” Ele perguntou gentilmente. Olhei para Jin e fiquei me perguntando o que raios ele tinha visto em Namjoon.
    “Eu beijei o Jimin e me declarei para ele. E quando estávamos quase transando o idiota do Hoseok apareceu e estragou tudo. Jimin foi atrás dele e me recusou totalmente.” Dei de ombros e voltei para sala ao perceber que não tinha realmente nada para comer, Jin me olhava visivelmente preocupado, sorri para ele “Não se preocupe com isso. Já esperava algo do tipo no momento que falei” Dei de ombros “No final eu simplesmente menti e disse que o Hoseok estava certo e que eu só queria mais um troféu para a minha coleção. Hoseok sai como herói para o Jimin, ele me odeia e esquece a idiotice que eu disse em um momento de fraqueza” Falei enquanto tentava conter a vontade de chorar. Apenas vi Jin se levantar e me abraçar, dizendo que ia ficar tudo bem enquanto lágrimas começavam a escorrer pelos meus olhos

    ___

    Rapmonster

    ___

    Ver Suga daquele jeito me quebrava. E isso durou mais umas duas semanas, antes de ele finalmente levantar a cabeça e seguir em frente. Voltou a frequentar o prédio abandonado conosco, porém ficava pouco e logo saia, dizendo que tinha umas coisas a fazer. Nunca descobri o que era essas coisas, mas sei que elas faziam com que Suga voltasse tarde e dormisse muito pouco, além de sempre o ver com marcas pelo corpo. Fico em dúvida se Suga simplesmente saiu socando qualquer um que aparecesse ou se fez o contrário e saiu amando qualquer um que aparecesse.
    Ver meu melhor amigo naquele estado fazia meu peito doer, eu vi que até mesmo Jin não estava gostando do modo que Suga estava. Ou do modo que ele olhava para Jimin quando o mesmo brincava com o Hope, e sorria, como se nunca tivessem se afastado, como se Suga nunca tivesse se aproximado dele e aquilo estava me cansando. E admito, com muito pesar logicamente, que fiquei feliz ao ver o rosto de dor de Jimin quando Hope disse que havia pedido a tal garota em namoro.
    “N-namoro?” Perguntou Jimin, aparentemente desolado. Senti por ele também, mas era bom ele sofrer um pouco pelo que fez com Suga
    “Sim! E ela aceitou! Agora não tem mais desculpa Jimin! Você VAI conhecer ela!” Hope dizia animado e depois olhou para nós “E vocês também, eu já combinei com ela certinho e só falta ver se tudo bem para vocês ser esse fim de semana na minha casa.”
    Olhei para Suga que parecia pouco preocupado com o que acontecia a sua volta, seu olhar fixo no celular enquanto digitava ou vez ou outra apenas deslizava o dedo pela tela, cutuquei ele com meu cotovelo e o fiz me olhar “Que foi?” Ele perguntou claramente irritado
    “Hope quer saber se está tudo bem a gente ir esse fim de semana conhecer a namorada dele” No momento que eu terminei a frase os olhos de Suga rapidamente procuraram Jimin, que ainda estava em silêncio e de cabeça baixa, tentando engolir a ideia de que Hope estava com outra.
    Percebi que Suga acabou estremecendo, porém logo balançou a cabeça negativamente e sorriu para Hope “Conhecer a louca que aceitou namorar o Hoseok? Claro que quero ir. Adoro ver esquisitice de graça” E sorriu para Hope que fechou a cara. Todos acabamos confirmando. Mas meu olhar parou mesmo em Jimin na sua vez
    “E ai Jimin, tudo bem para você?” Perguntou Hope incrivelmente animado para que Jimin dissesse sim. Jimin levantou o olhar e me olhou, como se pedisse ajuda para o tirar daquilo, eu simplesmente dei de ombros e abracei Jin que nem olhar para o menor o fazia. Jimin mordeu o lábio e olhou para Hope

    __

    Jimin

    __

    Eu não podia recusar, Hope queria que eu fosse, Suga nem se quer falou comigo desde aquele dia. Rapmonster lavou as mãos, eu estava na merda. Definitivamente na merda. Não tinha escolha a não ser aceitar ver Hope com aquela garota e sentir meu coração finalmente quebrar de vez. Coloquei um sorriso em meus lábios
    “Claro. Por mim tudo bem” falei, porém claramente não estava bem, eu estava muito mal, Hope, no entanto, nem percebeu nada, ou simplesmente ignorou e me abraçou animadamente
    “Eu sabia! Você é de mais Jimin! Eu te amo!” Ele disse sorrindo e depois beijou minha bochecha, senti meu coração se aquecer minimamente, mesmo sabendo o que viria logo depois “Você é o melhor amigo do mundo, tenho certeza que vai amar conhecer ela!” E com mais uma apunhalada meu coração rachou mais uma vez, ele estava a um passo de quebrar, e esse último movimento aconteceria amanhã, neste bendito jantar.

    Continua


    Capítulo cinco: Não podia ser pior


    _________________________

    Jimin

    __

    Olhei para o cardápio em minhas mãos, eu fazia de tudo para não olhar para a única garota ali na mesa, fingia não perceber o sorriso de Hope para ela, fingia não ouvir os sussurros que o mesmo dia para ela, fingia não ver a mão de Hope em sua perna, fingia que eu não estava me magoando cada vez mais por estar ali, fingia que não caia cada vez mais pedaços de meu coração ao ver um sorriso de Hope que não era direcionado a mim, ou que o olhar apaixonado e feliz não vinha em minha direção.
    Eu tinha ficado em silêncio o tempo todo até então, e Hope nem tinha se incomodado, pelo menos até chegar a hora de pedir a comida. Quando disse ao garçom o que quereria, o olhar do mais velho parou em mim “O que foi Jimin?” Ele perguntou “Não parece bem… E está bem calado hoje.” Sua mão veio em minha testa, provavelmente checando a temperatura “Não está com febre….” Ele me olhou por um tempo e sorriu um pouco
    “Eu estou bem… Só estou um pouco cansado” Não menti, eu realmente estava cansado. Cansado de ser ignorado dos meus dois lados, visto que acabei sentando entre Suga e Hope, o último estava muito ocupado com a namorada e mal me olhava, já Suga simplesmente me ignorava desde que eu o recusei. Mordi meu lábio e olhei para a mesa. Queria sair dali o mais rápido possível.
    “Tem certeza?” Insistiu um pouco mais me fazendo sorrir para ele e balançar a cabeça que sim, Hope pareceu mais aliviado, e logo voltou a atenção para a namorada, pouco antes de meu sorriso se desmanchar, eu não estava mesmo bem.
    Olhei de canto para Suga que, mesmo estando em um restaurante chique e que exigia uma boa postura a mesa, estava praticamente largado na cadeira e com o celular nas mãos, suas roupas também não condiziam nem um pouco com o lugar “Suga….” O chamei, ele me olhou um pouco impaciente “Quero falar com você….” Anunciei e o fiz rir ironicamente
    “Claro. Agora quer.” E rodou os olhos, voltando a atenção ao celular, ignorando completamente a mim. Mordi meu lábio e olhei para Rapmon, que olhava para Suga preocupado, e depois olhou para mim acusadoramente, eu sabia que era minha culpa, Rapmonster não precisava me olhar daquele modo.
    Respirei fundo e me levantei, peguei Suga pelo braço e o puxei comigo pedindo desculpas para os que ficaram e o levei para fora do restaurante, claramente com muitos protestos. Assim que chegamos me virei para ele e o abracei “Eu sinto muito” disse fazendo com que o outro ficasse surpreso por um momento, mas me afastasse logo depois
    “O que você quer Jimin?” Ele realmente estava magoado comigo, dava para ver em seus olhos, no modo que falava comigo, ou até mesmo em seus movimentos. Mordi meu lábio antes de me aproximar dele e pegar a barra da camisa dele e começar a brincar com a mesma
    “Eu sinto muito Suga… Me perdoa… Por favor….” Olhei para o chão e depois para Suga o vendo rodar os olhos, e depois me olhar, mantendo o mesmo em mim
    “Agora que ele te recusou você me quer.” Ele disse magoado o que me fez morder o lábio mais uma vez
    “Não é bem assim… Eu sempre te quis Suga… Eu só estava com medo de que você me afastasse….” Disse sem conseguir o olhar, meu olhar estava parado na porta do restaurante, onde eu conseguia ver de relance a mesa em que estávamos, Hope olhava para porta visivelmente preocupado. “Eu não quis ele quando fui atrás dele… Eu só queria explicar as coisas, que você não estava tentando me magoar nem nada do tipo… E que agente não tinha nada… Mas ainda… Eu… Eu realmente quero me dar uma chance de gostar de alguém que sinta o mesmo Suga….” Falei voltando a olhar para o loiro, o vendo ainda sem expressão “Me diga que me ama Suga… Por favor.” Pedi, praticamente supliquei enquanto abraçava o mesmo já começando a chorar, demorou um pouco para o loiro retribuir o abraço, logo começando a passar a mão por meu cabelo “Me ajude Suga… Eu preciso que me ajude” Sussurrei e o ouvi suspirar
    “Podemos… Eu posso… Tentar te dar outra chance….” Suga começou me fazendo que eu olhasse para ele, ainda chorando um pouco “Mas vai ser a última Jimin… Qualquer coisa… Qualquer mesmo, que você errar…” Suga olhou para mim então e sorriu me dando um selinho “Mas vamos começar com calma, oks? Primeiramente preciso voltar a confiar em você….”
    Sorri para Suga e o abracei mais uma vez com força enquanto o mesmo limpava meu rosto com as mãos “Pode deixar hyung! Prometo conquistar a sua confiança de novo!” Suga riu e depois olhou para a porta. Segui o seu olhar e gemi desanimado “Temos mesmo que voltar né?” Perguntei vendo ele rir e se afastar de mim, quebrando o abraço, mas pegando minha mão logo depois
    “Eu estarei com você agora” Suga sussurrou em meu ouvido antes de voltarmos para dentro

    ___

    Suga ainda não tinha demonstrado nada para mim até aquele momento, o que me machucava um pouco, eu admito, era como se não tivéssemos nada ainda, como se continuássemos brigados. Mordi meu lábio e olhei para meu prato e me surpreendia com a conversa que acontecia ao meu redor
    “Vamos viajar essa semana.” Olhei para Hope surpreso, como assim? Ele não podia ir. Ele… Ele havia se esquecido? Todos pareciam surpresos também, era uma data importante para mim e para Hope, sempre foi, e ele viajaria… Iria para longe… Mordi mais uma vez meu lábio, um tanto quanto desapontado, sentindo lágrimas em meus olhos, abaixei o olhar mais uma vez fitando meu prato mais uma vez, mal tinha comido, mas já não tinha mais apetite
    “Essa semana?” Perguntou Jin, fazendo Hope acenar que sim “E quanto tempo planejam ficar fora?” Perguntou fazendo Hope olhar para a namorada
    “Umas três semanas não é amor?” Perguntou fazendo ela sorrir para ele e concordar
    “Então você realmente esqueceu” Me ouvi dizer, minha voz demonstrava claramente a mágoa que eu sentia por ele naquele momento. Hope me olhou confuso
    “Esqueci do que?” Ele perguntou me fazendo rir, mas não um riso feliz, pelo contrário “Jimin….” Ele me chamou, como se insistisse para que eu dissesse. Parei meu olhar nele, claramente irritado com o outro
    “Não é nada de importante Hope. E acho que nunca foi. Já que se lembraria” Quase rosnei e me levantei da mesa, desta vez saindo do restaurante sozinho. Comecei a andar para casa, sem me importar com nada, devolveria o dinheiro para quem pagasse a minha parte depois. Senti meu rosto molhado, claramente estava chorando. Como ele podia ter se esquecido?
    Não sei como tinha chegado ali, ou quanto tempo passei andando. Mas eu estava no parque em que minha mãe me levava junto com Hope. Me sentei em baixo da árvore em que ela sempre estendia uma toalha e ali ficava com vários tipos comidas enquanto eu e Hope brincávamos. Me deixei chorar, chorar pelo seu aniversario que estava próximo, o terceiro que eu não poderia passar com ela, o terceiro em que ela já tinha ido. Como ele podia ter se esquecido dessa data? Da data do aniversario e da morte de minha mãe? Olhei para o céu e assim fiquei, ainda chorava, era claro, mas não me permitia fazer nenhum barulho, como eu imaginava Hope não tinha vindo, ele nem deve ter se importado comigo quando sai do local.
    Eu esperava oque também? Que Hope passasse o resto da minha vida doando este dia para mim? Senti uma mão em meu ombro, desviei o olhar e encontrei Suga ali, que sorriu para mim e me abraçou, retribui o abraço no mesmo momento “Me desculpe… Tive que ficar até o fim” Ele sussurrou enquanto me abraça. Eu não sabia exatamente o porque, mas eu me sentia seguro nos braços de Suga, de um modo que nunca me senti com ninguém.


    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Qui Dez 31, 2015 12:09 am

     Capítulo Seis: Uma dor que passa




    ______________


    Jimin


    __


    Olhei para o teto do quarto. Hope tinha ido viajar ontem com a namorada e amanhã seria o aniversario de minha mãe, mordi meu lábio e me sentei na cama, meu pai provavelmente estaria de folga hoje e amanha, visto que iriamos ver minha mãe no cemitério pela tarde. Não queria levantar, entenda, eu amo meu pai e minha madrasta é uma pessoa maravilhosa, mas ainda me dói, eu ainda não superei a morte de minha mãe, mesmo depois de três anos. Passei a mão por meu cabelo o bagunçando e alcancei meu celular, encontrando uma mensagem de Suga “Irei te visitar pela tarde. Fique a meu aguardo” me permiti sorrir, Suga estava sendo incrível comigo.
    Desde o jantar tinha se passado quatro dias, o que torna hoje quarta-feira, não iria para aula como sempre faço um dia antes, no dia e um dia depois, os professores me entendiam e poucos eram aqueles que me penalizavam por esses dias. Me levantei e fui até o banheiro do meu quarto e fiz a minha higiene matinal indo então para a sala, encontrando meu pai sentado no sofá ao lado de minha madrasta “Bom dia filho” Sorri para o mesmo e sentei no lado livre fazendo ele me olhar “Como está se sentindo?” Perguntou me fazendo dar de ombros
    Olhei para televisão, que passava um desses programas com idols, e os convidados daquele dia era a BIGBANG, eu gostava bastante da boyband, não vou mentir, mas não achava eles tão divertidos para assistir a um programa com eles. Voltei meu olhar para meu pai e sorri para o mesmo “Bem, eu acho” Dei de ombros novamente e levantei “Suga vai vir aqui mais tarde… Peça para ele subir direto” Pedi voltando a subir para meu quarto.
    Minha convivência com meu pai não era lá essas coisas, e eu admito que não me importava muito com isso, meu pai nunca tinha sido presente mesmo, agora não faria diferença nenhuma para mim

    _____________________________

    Suga

    __

    Olhei para o relógio mais uma vez, ainda eram uma e meia, mas já estava entediado. Resolvi então me arrumar de uma vez para ir ver o Jimin. Me vesti com as primeiras roupas que eu vi e fui para sala, onde Rapmonster estava, e por incrível que pareça, sozinho. Me sentei ao seu lado e vi seu olhar pousar em mim “Ele disse que tinha que estudar” Me permiti rir.
    Rapmon e Jin são pessoas incrivelmente diferentes, o loiro odeia mais do que tudo estudar, e apenas o faz em cima da hora, isso quando faz, e por isso já chegou a reprovar o ano passado e estava prestes a repetir o fato este ano. Jin, no entanto, sempre se esforçou e sempre foi um dos melhores alunos da escola, tanto que estaria se formando naquele ano. Não posso julgar Rapmon, também reprovei o ano passado, porém o fiz por ter deixado de ir seis meses para a aula, pois se não fosse assim eu teria passado sem problema nenhum. Jin passou para o terceiro ano e fez com que eu e Rapmon ficássemos e acabássemos tendo que aturar Hope, que entrou no segundo ano conosco. Jimin e V estavam no primeiro ano, enquanto Jungkook iria se formar este ano no fundamental, mas, mesmo assim, sempre esteve conosco “Devia pegar exemplo, ou vai repetir mais uma vez e ficar com o Jimin e o V dessa vez” Rapmon apenas fechou a cara e deu de ombros. Me permiti rir e me levantei “Vou ir ver o Jimin, não sei que hora volto. Então não conte comigo essa tarde” E sai pela porta sem esperar uma resposta.

    __

    Cheguei na casa do menor e fui atendido pela madrasta que sorriu e me disse para subir, que Jimin estava a minha espera. O fiz assim como foi dito. Bati duas vezes na porta do menor antes de entrar. Ele estava deitado na cama de qualquer jeito com o celular nas mãos, o quarto não estava arrumado e as cortinas ainda estavam fechadas. Ele desviou a atenção do celular para mim e sorriu
    Me sentei ao lado dele na cama e logo me deitei. Jimin me abraçou e se enroscou em meu corpo enquanto minhas mãos passavam por seu cabelo, seus dedos faziam uma leve carícia em meu tórax “Estou pensando em pintar o cabelo” ele disse me olhando agora. Desviei minha atenção do teto para Jimin e fiquei esperando que ele continuasse “Quero ficar ruivo” ele disse e então voltou a olhar para a parede o carinho ainda era feito em mim
    Me permiti fechar os olhos por um momento e tentei imaginá-lo ruivo, o que me causou uma leve confusão “Vermelho ou laranja?” Perguntei, Jimin me olhou pensativo. Ri ao ver que nem o menor tinha pensado nisso, beijei sua testa e depois sorri para o mesmo “Vai ficar belo com qualquer um, se quer minha opinião” afirmei vendo ele sorrir e subir em cima de mim, me olhando diretamente.
    Tive que me controlar muito para não pensar besteira. Me entenda. Jimin é lindo, tão belo e perfeito. Fico imaginando o quão bela era sua mãe, visto que Jimin e o pai não se pareciam em nada. Levei minha mão a seu rosto e o acariciei. Como consegue ser tão sensual sem nem mesmo tentar? Ah Jimin, você realmente é uma perdição “Acha que ficaria melhor o que? Vermelho ou laranja?” Indagou o menor
    Dessa vez não pensei muito “Laranja” falei convicto. Jimin ficaria irresistível com o tom laranja, mesmo que isso tornasse ainda mais difícil para que eu resistisse ao menor, e que todo dia pela manhã eu teria que passar um bom tempo a mais no banheiro depois da imagem que me veio a mente. O outro sorriu e selou nossos lábios em um beijo, este qual eu retribui sem nem pensar duas vezes.
    Tinha sido um beijo calmo, sem um aprofundar ou qualquer toque de luxuria, por mais que eu quase tenha sido consumido pela mesma, o toque gentil que ele dava me fazia me refrear para não o assustar. Era um dos primeiros beijos que dávamos, mas com certeza o primeiro beijo que ele havia iniciado. Ao final desse Jimin se afastou minimamente de mim e sorriu " Você podia me acompanhar não é? Eu queria fazer isso amanhã… Mudar um pouco sabe? " Eu sabia. Jimin não gostava muito de tocar no assunto sobre a morte da mãe, mas não me importava muito. Ele queria passar um tempo comigo “E você podia mudar também… Está loiro a bastante tempo… E quem sabe o Monster também não queira mudar. Podemos ligar para ele e ver se ele vai junto” Ele disse empolgado. Quanto mais gente melhor não é?

    __

    Já era outro dia. Rapmon tinha concordado em ir com a gente, contanto que não contassem nada a Jin, o outro tinha feito Rapmon prometer que não mudaria o cabelo tão cedo, visto que cuidava muito mal do mesmo. Jimin concordou, contanto que Rapmon dissesse a Jin que ele foi forçado a isso, não queria que sobrasse para si a raiva do mais velho.
    Não entenda mal. Jin não fica bravo com frequência, poucas vezes o vimos irritado, e todas elas foram com o Rapmon e seu incrível dom de, ou perder as coisas, ou quebrá-las. E isso já fez com que o outro acabasse estragando muitas das coisas que pertencia ao mais velho do grupo. Muitas coisas importantes até.
    Entramos no salão junto de Jimin, que já tinha marcado hora para nós três. Tinha resolvido entrar na brincadeira e mudar também, provavelmente eu passaria algum verde ou azul.. Ainda estava indeciso quanto a isso. Porém Rapmon já tinha certeza. Ele queria rosa. Afinal, se era para mudar ele mudaria para uma cor que o namorado gostasse… Quem sabe isso não amenizava a raiva do mesmo? Duvidava muito disso, mas fazer o que.

    __

    Como imaginado. Jin estava chegando no nosso apartamento quando voltamos. Jimin vinha acompanhando a gente. O mais velho ficou um bom tempo olhando para o Rapmonster até suspirar e dizer algo do tipo “você realmente não tem jeito” o outro, agora rosado, apenas sorriu e se aproximou dele tentando o abraçar, mas foi rapidamente afastado fazendo um leve bico nos lábios e continuou a insistir até chegarmos no apartamento, onde um tapa foi dado em sua nuca enquanto um sermão era ouvido. Jin o chamava de irresponsável, inconsequente, disse também que ele ficaria careca logo por culpa de tanta coisa que o rosado fazia, e depois nem se quer cuidava. O outro apenas escutava tudo em silêncio e ao final do discurso de Jin ele pediu desculpas e abraçou o namorado, que se deixou ser tocado, e começou a sussurrar, em seu ouvido, vários pedidos de desculpas e várias declarações de amor.
    Eu e Jimin apenas observávamos e riamos baixo, sem atrair a atenção do mais velho, que logo se rendeu aos encantos do outro e o abraçou de volta logo depois nos olhando por um tempo. Seu olhar em mim também era de reprovação. Eu estava loiro faz pouco menos de cinco meses, Jin vivia dizendo que eu era má influência para Rapmonster nesse aspecto, não poderia desmentir, porém ele sorriu para Jimin antes de dizer “Você ficou mais bonito assim” o que me fez sorrir. Concordava plenamente com Jin. Jimin estava ainda mais belo que antes.

    __

    Jimin olhava para meus CDs tentando achar algum que o interessasse enquanto eu procurava algum jogo para podermos passar o tempo “Onde está o seu da BIGBANG?” Ele perguntou, franzi o cenho e me aproximei procurando e não o encontrando. Não me lembrava de ter emprestado para ninguém… Bufei e me levantei saindo do quarto e indo até o de Rapmonster e entrando no mesmo. Não me importei que estava atrapalhando os dois a se agarrarem na cama, por sorte ainda estavam vestidos.
    Passei a procurar meu CD naquela bagunça que Rapmonster chamava de quarto “Posso saber o que procura?” Ele perguntou me olhando. Lhe digo uma coisa. Só interrompa Rapmonster em sua tentativa de fazer sexo se tiver um bom motivo… Ou seja a minha pessoa. O que for mais fácil para você
    O olhei acusadoramente e me aproximei claramente irritado. Mesmo sendo mais baixo conseguia assustar um pouco Rapmonster, este na hora mudou o humor sorrindo constrangido “Onde está o meu CD?” Perguntei e o vi franzir o cenho e depois clarear a mente, se levantando rapidamente e fuçando uma gaveta do guarda-roupa até achar o mesmo e me devolver, sussurrando uma desculpa. Sai do quarto assim que o obtive e voltei para o quarto.
    Encontrei Jimin deitado na cama e mexendo no celular. Que foi bloqueado assim que eu entrei. Deixando de lado qualquer um que tivesse conversando ou o que for que estava fazendo. Joguei o CD em cima dele que sorriu e já o colocou para tocar passando rapidamente para sua música favorita enquanto sorria. Voltei para o PS4 e coloquei Mortal Kombat para inciar, peguei os dois controles e fui para cama entregando para o mesmo. Olhei para o celular do mesmo ao perceber que ele vibrava e via uma mensagem de Hoseok brilhando na tela, na mesma ele chamava por Jimin. Não pude deixar de sorrir ao perceber que Jimin havia o trocado.


    Continua


    Última edição por Mayuni em Qui Dez 31, 2015 4:02 am, editado 1 vez(es)


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Qui Dez 31, 2015 12:10 am

     Capítulo Sete: Raiva, confusão… Paixão?


    J-Hope

    ___

    Olhei para tela do celular sem receber nenhuma resposta de Jimin. Eu me sentia culpado. Mais cedo recebi uma mensagem de Kookie dizendo que estava decepcionado por eu ter esquecido a morte da mãe de Jimin. Desde então eu tentei falar com ele, e quando o mesmo me responde foi um 'não enche Hoseok'. Eu sei que ele tem o direito de ficar bravo, mas Jiminie nunca me tratou assim. Jamais. Provavelmente tudo isso era culpa daquele maldito Yoongi, o senhor pó de arroz ambulante.
    Bufei e olhei para o teto, não conseguia me divertir depois de ver o quando Jimin está bravo comigo… Mas por que? Tudo isso que eu sentia tinha sumido quando eu conheci ela, mas agora que o ChimChim tem se afastado tá voltando… Eu não consigo entender, eu tenho certeza que tinha passado, que foi só coisa do momento. Por que voltei a sentir isso pelo Jiminie? Que tipo de amigo eu sou?
    “Hoseok… Amor” Levantei meu olhar para a garota na porta, ela sorria “Vamos dar uma volta sim?” Ela pediu, mas só consegui imaginar o quanto Jimin estava bravo comigo. O quanto ele devia estar decepcionado, e eu aqui me divertindo com ela enquanto ele sofria. Por que eu sou tão inútil?

    ________

    Tínhamos voltado antes do esperado, o pai dela precisava de sua presença e eu agradeci por isso. Eu poderia me desculpar com Jimin. Fui diretamente para a casa dele, tocando a campainha logo em seguida. Ouvi os passos apressados na escada enquanto a voz de Jimin gritava um 'eu atendo'. Jimin abriu a porta sorrindo para logo depois desmanchar seu sorriso e me olhar seriamente para logo depois tentar fechar a porta. Eu rapidamente o impedi de o fazer fazendo o menor bufar e ainda tentar fechar, mas eu era mais forte, forcei a porta até que ele cedesse. Jimin se afastou e cruzou os braços me olhando irritado “O que quer Hoseok?” Ele perguntaria sem nenhum pingo de paciência me olhando irritado. Mordi meu lábio e suspirei
    Jimin era uma pessoa difícil de conversar, ele sempre levava para o pior lado “Por que me ignorou todo esse tempo?” Perguntei vendo ele rodar os olhos e rir cinicamente e foi então que eu vi que o mesmo tinha pintado o cabelo e estava… Lindo. Incrivelmente belo e…. Sexy. Vi o movimento dos lábios de Jimin enquanto ele se pronunciava eles se mexiam de um modo tão provocante… E quando pararam de se mexer percebi que perdi uma fala importante do mesmo, ainda mais quando o mesmo bufou impaciente “Vai se foder Hoseok.” Jimin diria voltando a fechar a porta. Desta vez eu estava desnorteado demais para fazer algo contra isso

    __________

    Olhei para Kookie que estava rindo de mim, eu realmente não gostei nem um pouco disso, venho aqui todo preocupado para falar com ele e ele vem com essa? Que bosta de amigo ele é? Bufei claramente irritado enquanto esperava a crise de risos dele passar e quando finalmente o fez ainda soltava leves risadas “Terminou?” Perguntei vendo ele sorrir para mim
    Tudo bem que ele era mais novo que eu, mas dentre todos os amigos que eu tinha, Kookie era o que mais tinha chance de me ajudar, tanto por que eu não posso confiar muito no Rapmon agora, ainda mais por ele ser amigo do Suga, e também não posso confiar em Jin, visto que ele era namorado do Rapmon, TaeTae era o que menos eu podia perguntar algo, ele provavelmente ficaria mais perdido do que eu. “Sim, sim….” Ele disse ainda sorrido e depois riu novamente “Você está apaixonado hyung”
    Oras, que grande ajuda! Isso eu sabia! “Eu sei disso Kookie, tanto que estou namorando com a pessoa neste momento” Disse vendo o mais novo rodar os olhos. Eu realmente não estava conseguindo entender onde o outro queria chegar.
    “Não por ela retardado.” O olhei feio, mas ele simplesmente ignorou “Pelo Jiminie.” Ele respondeu, por fim, me fazendo olhar para ele por um longo tempo, e depois começar a rir, isso era impossível! Sei que eu posso me sentir um pouco atraído pelo Jiminie, afinal, ele é muito bonito, e talvez eu possa ser bissexual, isso já me passou pela cabeça, mas apaixonado?
    “Não diga besteiras Kookie, eu nunca me apaixonaria por ele” Respondi ainda rindo, olhei novamente para Kookie que me olhava seriamente, como se eu tivesse dito que matei alguém, ele olhou para o chão e respirou fundo
    “E por que não Hoseok? Jimin é um garoto incrível, belo, divertido e de bem com a vida, que sempre se preocupa com todo mundo, que sempre trata todo mundo bem, mesmo com as peças que a vida pregou nele, Jimin nunca tirou o sorriso do rosto.” Olhei para Kookie enquanto ele falava “Como alguém pode não se apaixonar por ele?” Ele riu por fim, um riso estranho
    “Você gosta dele?” Perguntei vendo ele levantar os olhos para mim e sorrir brevemente, confirmando logo depois… “Kookie! Você não… Não… Sério?!” Perguntei vendo ele rir logo depois
    “Na verdade, já gostei. Jimin ainda é aquele sonho inalcançável que todo mundo tem, mas estou feliz com o meu namorado” Ele diria dando de ombros e depois arregalando os olhos “Eu… Quero dizer… Não que eu tenha um namorado… Eu só….” Ele não conseguia completar a frase direito me fazendo rir logo depois, abracei ele pelos ombros e o vi bufar “A questão é: você está apaixonado pelo Jimin, isso é obvio, mas só não consegue ver ainda Hope, se olhar com um pouco mais de atenção” Kookie deu de ombros e depois se soltou de mim “Tenho que ir, estou atrasado para o meu encontro” E eu vi o mais novo sair do prédio, me deixando sozinho

    __________

    Olhei para Jimin e Suga assim que entrei no prédio para o nosso encontro semanal, os dois estavam abraçados e com as mãos entrelaçadas, Jimin descansava sua cabeça no ombro do outro, que por acaso também tinha pintado o cabelo, enquanto Suga sussurrava algo para Jimin, que para mim era incompreensivo, mas que para o ruivo devia ser fácil de entender pela distância irritantemente pequena que tinham. Me sentei no outro sofá enquanto esperava Kookie e TaeTae chegarem. Comecei a conversar com Rapmon, que estava com os cabelos róseos, Jin não viria naquele dia pois tinha que estudar para uma prova muito impostante que faria neste fim de semana, e com minutos vem e minutos vai, os dois que faltavam chegara, Kookie correu para sentar ao lado de Jimin e conversar com o ruivo, que finalmente se afastou de Suga para dar a devida atenção ao mais novo.
    TaeTae não parecia muito feliz com isso e acabou se obrigando a sentar ao meu lado e fiquei alguns minutos olhando de um para o outro. Era estranho os dois terem chegados juntos, tudo bem, pode ser que eles tenham chegado ao mesmo tempo no prédio e entrando juntos, mas lembro-me que Kookie tinha saído com o namorado, que ainda era desconhecido por todos, e a expressão de ciúmes de TaeTae me fizeram sorrir e olhar para o Kookie mais uma vez “Já sei!” Falei chamando a atenção de todos
    “Já sabe o que Hope?” Perguntou Rapmon ao meu lado me fazendo sorrir abertamente
    “Lembra que comentei que Kookie estava namorando?” Vi o menor corar e Taehyung olhar para mim com um tanto de surpresa “Ele está namorando o V!” Falei abraçando o alienzinho ao meu lado fazendo todo mundo franzir o cenho, menos Kookie que V. Kookie perdeu um tanto da cor e V estava com os olhos arregalados.
    Jimin começou a sorrir depois de um tempo “Mas é claro! Por isso estavam tão próximos ultimamente! Sempre juntos…. Oh! Por isso o Kookie disse que ia passar a tarde com o V estudando!” Olhei para o V e sorri maliciosamente. Entendam, eu não sou desses de levar tudo na malícia, mas Taehyung simplesmente odeia estudar! Olhei para Kookie que agora estava corado e empurrou o ruivo para o lado de Suga
    “Nem vem com essa! Eu sei que você e o Suga já devem ter avançado!” Franzi o cenho com essa frase e vi Jimin corar muito e Suga rir logo depois
    “Infelizmente não Kookie. Por mais que eu tente Jimin ainda arranja muitas desculpas para isso” Suga disse enquanto olhava para o ruivo. Eu simplesmente me senti perdido. Do que eles estavam falando?
    “Hyung!” Jimin ralhou e depois olhou para o chão “Eu… Eu ainda acho que é muito cedo oks?! Faz pouco tempo que estamos juntos” E foi então que senti algo doer, Jimin e Suga estavam…. Juntos? Vi o olhar de Kookie em minha direção e o vi sorrir.
    Então era realmente verdade, eu achei que não era possível, mas realmente era isso… Eu não conseguia aceitar, não, isso estava errado. Jimin era o meu irmãozinho, o garotinho que eu conheci bem novinho e que prometi a sua mãe cuidar. Eu não podia simplesmente ter me apaixonado por Jimin… Não era o certo. Eu não conseguia deixar de me sentir sujo. Eu simplesmente queria que nada daquilo fosse verdade


    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Qui Dez 31, 2015 12:10 am

     Capítulo oito: Me desculpe


    Jimin
    _____________

    Olhei para Suga por um tempo, eu estava emburrado com ele e provavelmente com um bico nos lábios, o mesmo não via isso por que estava concentrado no que fazia, quando cheguei disse que assim que terminasse poderíamos fazer algo juntos, mas eu simplesmente não consigo aceitar que ele está me trocando por um jogo e, por isso, estou emburrado “Suga” Chamei manhosamente e o ouvi suspirar, resmungando logo em seguida que já estava acabando “Mas eu vim aqui pra ficar contigo Suga!” disse vendo o outro me ignorar totalmente. Bufei irritado e me levantei
    “Onde vai?” Ele perguntou rapidamente me fazendo olhar irritado para ele, porém ele tinha se virado para mim e me olhava, mordi meu lábio e olhei para o chão “Não vai embora não é? Qual é Jimin… Eu não posso simplesmente sair no meio… Me dê mais dez minutos e eu fico com você, por favor” Ele pediu me fazendo suspiraria
    “Tudo bem hyung, mas eu vou esperar na sala, não consigo ficar aqui sem que eu me irrite” Suga sorriu e murmurou um obrigado, voltando para tela do computador e colocando os fones de novo, resmungando algo que eu nem me importei em ouvir.
    Quando cheguei na sala encontrei dois garotos, um sentado e o outro deitado. Já haviam acabado as semanas de provas na escola e Jin já tinha deixado de estudar tanto, o que o fez voltar a ficar com o namorado sempre que podia. Me aproximei do mais velho e beijei sua bochecha, fazia tempo que eu não o via “Oi hyung!” o cumprimentei sorrindo, e vendo seus olhos se pousarem em mim, mesmo que ele tivesse que inclinar a cabeça para trás
    “Olá Jimin, está ai faz tempo?” Ele perguntou me fazendo acenar que sim “Onde está Suga?” ele perguntou me fazendo franzir o cenho e fechar a cara então
    “Me trocando por um jogo idiota. Faz mais de meia hora que eu estou aqui e aquele idiota mal falou comigo” Bufei vendo Rapmon rir no colo do namorado “Te acordei?” Perguntei enquanto via o rosado abrir os olhos, levantar a mão e bagunçar meu cabelo
    “Não, só estava descansando os olhos” Ele sorriu logo depois e eu franzi o cenho. Fiquei então com uma pequena duvida
    “Jin-hyung… Sou só eu que prefere quando o Rapmon não sorri?” Perguntei vendo o que estava deitado fechar a cara “Ele fica estranho sorrindo…” Murmurei fazendo Jin rir do namorado
    “Eu concordo Jiminie, mas acho que ele deveria continuar a sorrir sempre” Respondeu a mim fazendo o namorado sorrir para ele, fiz bico com isso. Por que o meu namorado não podia estar aqui dando atenção para mim
    “Rapmon… Por que o Suga é tão mau?” Perguntei vendo o outro rir novamente e senti minha cintura ser abraçada e logo a respiração quente de Suga em minha orelha, me fazendo arrepiar, uma leve mordida foi dada antes que Suga se pronunciasse
    “Não devia falar mal de mim pelas costas, e muito menos quando eu estiver por perto” Sussurrou me fazendo bufar e o afastar, cruzando os braços logo depois e enchendo as bochechas de ar. Vi Suga suspirar e me abraçar novamente, começando a passar o nariz em meu pescoço “Não faz assim meu Dooly” O olhei irritado, eu não gostava nem um pouco daquele apelido idiota, o que só fez Suga sorrir “Desculpe” Ele murmurou e então eu ouvi uma tosse forçada atrás de nós e vi Suga direcionar um olhar mortal para o companheiro de apartamento “Vai foder o Jin e me deixe em paz idiota” Suga resmungou me fazendo arregalar os olhos levemente e empurrar ele
    “Suga!” Ralhei com o mesmo “Não se deve falar esse tipo de coisa!” Vi ele me olhar por um tempo e bufar olhando para o Rapmon, que pelo que eu vi sorria, me virei para ele “E você devia deixar de ser intrometido, nem Suga sabe o quanto ele já reclamou de ter que sair de casa por culpa dos seus inúmeros namorados que você trazia e que gemiam mais do que uma cadela no cio” Olhei para Jin e sorri “Menos você, Suga nunca disse nada sobre você” e depois olhei para Suga “Você é um idiota sabia?” Vi ele sorrir e acenar que sim, selei nossos lábios por breves dois segundos, me afastando logo depois fazendo com que Suga fizesse bico, querendo mais do toque.
    “Só isso?” Ele perguntou me fazendo rir e me soltar dele, me deixando cair no sofá vazio ali perto enquanto fechava os olhos. Assim que Suga se sentou ao meu lado deitei-me com a cabeça em seu colo. Cochilando logo depois

    _________

    J-Hope

    ___________

    Olhei para Jimin que estava sentado do outro lado da mesa, mexendo no celular. Suga não tinha vindo a aula, algo a ver com estar doente, ou ter ficado acordado até tarde, Rapmon disse que não perguntou o por que dele não ir hoje. Me peguei pensando por que Jimin ainda ficava perto de mim sendo que estávamos brigados, mas ai lembrei de que ele tinha passado a ignorar a minha presença quase que cem por cento, e só deixava de fingir ouvir quando eu dizia algo que lhe interessasse.
    Suspirei olhando para a mesa, eu teria que contar para ele o que sinto, desde aquele dia não conseguia me sentir bem comigo mesmo, acabei por terminar com minha namorada por não conseguir mentir para ela, por não conseguir sentir mais algo por ela. Ela estranhou muito, isso é verdade, fez mil e umas perguntas até que eu assumisse que tinha me apaixonado por outra pessoa, que, infelizmente, era comprometida, e mesmo que eu não conseguisse ficar com ele, eu não conseguiria a enganar, ela insistiu em saber quem era e eu disse que era melhor ninguém saber. Ela então aceitou o término até que bem.
    “Hope?” Ouvi meu nome ser chamado e olhei para os lados, fazendo com que todos rissem, até mesmo Jimin soltou um riso baixo. E então localizei a voz, vendo Jin acenar para mim “Está nos ouvindo?” Ele perguntou me fazendo negar, o vi rodar os olhos “Fiquei sabendo que terminou com sua namorada.” Ele informou fazendo com que todos me olhar esperando a resposta. Sorri constrangido antes de me pronunciar
    “Acho que ela não era a certa no final” Disse dando de ombros. Já era comum para meus amigos eu terminar um relacionamento em pouco tempo. Visto que não conseguia me manter apaixonado por muito tempo, mas, na verdade, eu apenas não conseguia me manter muito longe de Jimin, e todas minhas namoradas morriam de ciúmes do garoto, por um motivo que eu nunca descobri. Vi o olhar de Jimin sobre mim e depois uma risada irônica sair de seus lábios, eu sabia o que ele estava pensando, e eu sabia que tinha pisado na bola com ele, e que agora que eu tinha terminado com a garota isso se tornava ainda pior. “Jimin” chamei por ele, sentindo que a atenção de todos se voltou para mim novamente “Me desculpe, por favor” pedi, vendo ele me olhar irritado e se levantar da cadeira, se despedindo de todos rapidamente e me ignorando. Vi logo depois TaeTae se levantar e correr atrás dele, o chamando e falando para aproveitarem e começarem o trabalho.
    Passei minhas mãos pelo rosto e logo depois o cobri, eu me sentia um bosta por ter perdido a amizade de Jimin, e me sentia um porco nojento por apenas a querer de volta para poder ficar próximo dele, para poder o tocar e o amar mesmo que ele não saiba, ouvi mais alguém se despedir e depois uma mão tocar meu ombro, retirei minhas mãos de frente do rosto e vi Kookie a minha frente e Jin ao meu lado “Kookie me contou” ele começou me fazendo bufar
    “Eu me sinto um idiota nojento” Resmunguei vendo Jin negar com a cabeça “Eu pisei na bola com ele, estraguei a nossa amizade, fiz com que ele me odiasse. O Jimin me odeia! Me digam quantas pessoas o Jimin odeia! Nenhuma!” minha voz estava quebrada “E sabe o que me faz sentir pior ainda? É saber que só o quero de volta ao meu lado por que preciso amar ele, mesmo que seja como amigo”
    Jin me olhou de modo triste e passou a mão em meu cabelo “Por que demorou tanto para se apaixonar Hope?” Ele perguntou tristemente “Justo quando Jimin conseguiu superar o que sentia por ti” O olhei por um tempo, de modo confuso o fazendo rodar os olhos “Todos nós fingimos que não sabíamos, mas até algum tempo atrás Jimin era apaixonado por ti Hope, mas agora ele superou, e ama Suga” Me senti pior ainda ao ouvir essa frase, fazendo com que finalmente lágrimas viessem aos meus olhos, me senti ser abraçado por Jin e logo Kookie se juntou.

    _________

    Olhei para Jimin mais uma vez, tudo bem que não foi certo o trazer aqui a força e que isso só o deixou mais irritado ainda, ainda mais por eu não o permitir se soltar praticamente o prensando na parede de trás da escola “Me solte Hoseok, Suga está me esperando, ele vai ficar irritado se eu demorar” Ele disse firme enquanto tentava me fastar, utilizei de mais força ainda
    “Não até você me ouvir!” Jimin relaxou um pouco e me olhou irritado, logo cruzando os braços, me deixando falar “Eu sinto muito mesmo por ter esquecido Jimin, sei que fui um idiota ao fazer isso e que devia ter ficado ao seu lado naquele dia, eu te prometi que sempre estaria lá mas não estive, eu realmente sinto muito. Me perdoa, me perdoa por favor.”
    “E por que te perdoaria?” Ele perguntou e riu logo depois “Nas últimas semanas você estava me tratando como nada Hoseok, me deixou de lado, me esqueceu, me magoou ao falar que tudo o que eu sentia, a bola de sentimentos que eu sentia naquele momento, era simplesmente uma confusão minha com minha sexualidade! Eu estava apaixonado por uma pessoa que não me olhava com os mesmos olhos Hoseok! E agora eu estou sendo retribuído por Suga, e eu o amo, me deixe ir!” Sorri para o mesmo e passei a mão em seu rosto, me aproximando do mesmo
    “Se você soubesse o quanto eu fico feliz por ouvir isso Jimin.” Ele franziu o cenho e tirou minha mão de si me fazendo morder o lábio “Quero que me perdoe por que acho que me apaixonei por ti Jimin” Vi seus olhos triplicarem de tamanho “Me desculpe por isso” disse antes de o beijar


    Continua


    _________________
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Mayuni em Sab Jun 11, 2016 10:37 pm

    Capítulo Nove: O fim



    Jimin

    ___

    Um longo ano se passou desde que Hoseok tinha me beijado a força, desde que Yoongi tinha visto tudo, desde que os dois tinham saído no soco, aquele dia tinha sido péssimo, Hoseok saiu todo cheio de hematomas e com o nariz quebrado, Suga acabou saindo com um corte dentro da boca, um olho roxo, hematomas e quase quebrou uma costela, ficou dias sofrendo com dor, ficou irritado comigo em primeiro momento, por ter deixado que o outro me beijar, porém quando eu expliquei que o outro tinha feito do nada ele pareceu se acalmar um pouco, porém quando ele melhorou, ainda tenho dores daquele dia até hoje, mesmo que eu tenha gostado e muito da nossa primeira vez, Suga acabou pegando pesado e tinha me marcado todo, tinha sido muito difícil esconder as marcas e explicar o que tinha acontecido quando alguém percebia me fazia morrer de vergonha. Depois daquele dia Hoseok tinha parado de conviver conosco. Deixou de ir ao prédio abandonado, deixou de sentar conosco no intervalo, e segundo Suga, praticamente não falava com o Namjoon durante a aula, eu realmente não tinha me sentido bem com relação a isso, mas não tinha nada que se fazer, tinha sido uma escolha dele.
    Desde aquele dia, Suga e eu estamos cada vez mais próximos, nós realmente estávamos apaixonados, ninguém duvidava disso, sempre que podíamos estávamos juntos, sempre demonstrando carinho, porém nunca era algo enjoativo, com o passar do tempo acabei apresentando Suga como meu namorado ao meu pai, que aceitou tudo numa boa, não que eu esperasse algo diferente. Claro, os pais de Suga demoraram um pouco para aceitarem e deixarem de achar que eu era um interesseiro, mas agora tudo não podia estar melhor.
    Desde o fim daquele ano não tínhamos mais visto Hoseok em lugar algum, segundo Jungkook, Hoseok tinha ido estudar fora, eu não sabia muito disso, na verdade ouvi ele comentando com Jin sobre isso, naquele momento eu não senti nada, nem dor por não poder mais ver ele e nem felicidade por ele ter conseguido o que queria, já que estudar fora era um sonho do mesmo desde que eu me lembro.
    Então eu não entendo por que…. Por que eu tinha me sentido tão estranho ao revê-lo, por que meu coração batia mais forte só de sentir seu cheiro, de ver seu sorriso, de escutar sua risada, por que eu me sentia tão bem só de estar perto dele, e o pior de tudo, por que isso tinha sido tão evidente a ponto de Suga ficar magoado comigo.
    Suspirei ao olhar para o teto do apartamento que Suga morava, tinha ido ali ver ele, combinado com Rapmonster para deixá-lo vazio, mas desde que cheguei ainda não tinha tido coragem de ir até o quarto de Suga, de olhar para os olhos dele, de discutir o que havia acontecido, por que nem mesmo eu sabia o que tinha acontecido. Porém tomei coragem e me levantei, eu tinha que me resolver com ele e seria agora.
    Quando cheguei em frente a porta de Suga dei duas leves batidas, ouvindo um entre poucos segundos depois, e ao entrar encontrei Suga bloqueando o celular e o colocando de lado e me olhando por um tempo, e depois bater a mão ao seu lado na cama, indicando que eu me sentasse ali e foi o que eu fiz.
    “Acho que precisamos conversar, certo?” ele perguntou me fazendo morder o lábio “Você o ama?” ele perguntaria sem esperar, indo diretamente ao assunto, suspirei sem saber o que responder, eu o amava?
    “Eu não sei hyung, eu sei que eu te amo… A única coisa que sei é que perto dele eu me sinto bem….” respondi para o mesmo sem poder o olhar, o ouvindo suspirar
    “Você acha que seria mais feliz com ele?” a pergunta tinha me pegado de surpresa, isso era claro, o olhei surpreso e logo depois minha feição mudou para raiva
    “Não! Eu não acho isso. Eu amo você, sou feliz contigo, e só o pensamento de te perder faz com que eu não me sinta bem!” diria fazendo ele me olhar pela segunda vez naquele dia
    “E por que acha que não seria mais feliz com ele?” Aquela pergunta eu não sabia responder, mordi meu lábio e desviei o olhar, eu não sabia por que achava isso, eu não queria nem mesmo pensar nisso. “Você tem medo de ser magoado.” Ele disse com convicção, e me fez olhá-lo “E se eu te pedisse para escolher Jimin, ou eu, ou ele.” Ele diria me fazendo rodar os olhos
    “Você hyung, eu te amo, você sempre esteve ao meu lado, sempre me amou, cuidou de mim, prezou por mim mais do que meu próprio pai, você sim se preocupa comigo, eu não consigo imaginar Hoseok fazendo nem um terço do que você fez ou faz por mim” Respondi com convicção.
    “E se eu te desse mais uma escolha?” Aquela pergunta tinha me confundido, de que outra escolha ele estaria falando? Ouvi uma batida na porta “Entre” Suga disse fazendo com que a porta fosse aberta, Hoseok estava ali, parado, olhando para mim, diferente do modo que me olhava ontem.
    Ontem ele parecia não se lembrar de nada que fez a mim, parecia não se lembrar que tinha me magoado e que depois tinha se declarado para mim, porém naquele momento eu via o mesmo olhar que ele tinha me direcionado a mais de um ano, antes de me beijar.
    “E se eu dissesse que você não precisa escolher entre eu e ele? E se eu te desse a escolha de ter nós dois?” Suga voltou a falar me fazendo olhá-lo mais uma vez, surpreso de mais para falar algo “Ontem conversei muito com Hoseok, ele tinha percebido tudo que seu corpo tinha mostrado do mesmo modo que eu percebi, e eu não quero mais fazer com que você fique longe dele, mas também não vou aceitar te perder Jiminie” Ele disse me fazendo ficar ainda mais surpreso e se silenciou, meu olhar ia de Hoseok para Suga por um longo tempo até que eu tivesse coragem de falar
    “O que quer dizer?” Perguntei olhando mais uma vez para meu namorado
    “O que ele quer dizer Jimin.” Começou Hoseok “É que ontem ele me perguntou se eu aceitaria fazer parte do que vocês tem, se eu aceitaria te dividir com ele, pois ele estava disposto a isso. Eu também estou. Porém a maior questão não é essa, e sim se você me quer com vocês. Você me aceitaria Jimin?” Eu não sabia o que responder, na verdade eu não sabia nem se eu devia responder, aquilo parecia tão… Errado…
    “Não vai ser fácil Jimin, relacionamentos nunca são. Mas se você quiser, eu estou disposto a tentar” Suga se pronunciou.
    Ambos queriam minha resposta, eu não sabia o que dizer, e se fosse uma mentira? E se Yoongi estivesse me testando? E se ao aceitar tudo isso eu o perdesse? E mais, eu queria aquilo? Eu queria me meter em toda essa confusão? Eu olhei mais uma vez para Hoseok e depois para Suga antes de me decidir.

    Fim?


    _________________

    Conteúdo patrocinado

    Re: Fic Yoonmin ou Jihope

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Set 24, 2017 7:53 pm