Pão é tipo bom demais


    Nova ficc de yaoi

    Compartilhe
    avatar
    Mayuni
    Diva dos Personagens dlç

    Mensagens : 95
    Data de inscrição : 18/09/2015
    Idade : 17

    Nova ficc de yaoi

    Mensagem por Mayuni em Dom Abr 17, 2016 2:24 am

    Ao olhar para aqueles três rapazes nunca se diria que por acaso teriam algo juntos, pelo contrário, muitas pessoas já se questionaram se eram amigos, de certo modo até não, pelo menos não era assim como o mais novo dentre eles gostaria de dizer, queria assumir ao mundo de quem era e a quem eles pertenciam, mas os outros dois não, viviam as escondidas, fingindo que não se suportavam, e isso realmente irritava o mais novo, como seus hyungs podiam ser tão idiotas, orgulhosos e preconceituosos? Certo que nem tanto como muitas pessoas, mas se temiam ser descobertos era por que achavam que o que faziam não era correto, bambam decidiu então fazer de tudo para mudar isso, e ai de quem lhe impedisse.



    _____



    Era uma manhã fria no apartamento em que os três dividiam, Bambam tinha acordado sozinho aquele dia, seus companheiros aviam brigado na noite anterior o que fez com que este também ficasse irritado com ambos e ignorasse eles o restante da noite. Levantou-se com pesar, era domingo e queria tanto poder dormir até mais tarde, mas tinha que impedir mais brigas entre os namorados. Por isso tomou um banho rápido antes de sair alegremente do quarto enquanto cantarolava alguma música, não andava e sim saltitava pelo caminho, ao entrar na cozinha viu ambos se ignorando, Jackson estava “ocupado” lendo algo no celular enquanto tomava uma xícara de café, Mark comia uma torrada e tinha um copo de suco, imaginava que de laranja, pela metade em sua frente. Enquanto lia um livro qualquer, Bambam duvidava que realmente estavam prestando atenção em suas tarefas, que pelos cinco minutos que estava ali percebeu que Mark não tinha nem aberto o livro em algum local para leitura e que Jackson estava bloqueando e desbloqueando o celular, suspirou pesadamente enquanto colocava um sorriso no rosto antes de se pronunciar

    “Bom dia, meninos” diria enquanto beijava a bochecha de Mark e depois de Jackson, ambos não se deram o trabalho de responder, fazendo um bico infantil nascer nos lábios do mais novo “por que vocês são tão maus comigo?” Perguntou choroso fazendo com que enfim tivesse a atenção dos namorados, mas ambos o olhavam de cara feia

    “Não comece com as suas manhas, eu não estou com paciência para isso Bambam” diria Jackson fazendo Mark rodar os olhos e rir irônico

    “Incrível, mas estava com paciência de ficar paparicando e cantando uma vadia qualquer” sussurraria enquanto se levantava aproximando-se de bambam e o abraçando, beijando a testa do mesmo “eu vou indo pequeno, tenho que chegar mais cedo na faculdade hoje” e logo depois saiu da cozinha, o mais novo correu ao encontro do outro

    “Mark! Você vai voltar cedo né?” Perguntaria olhando para o loiro que já estava na porta, pronto para sair.

    “Prometo chegar o mais cedo possível bambam” e com isso partiu pela porta deixando apenas Bambam e Jackson na casa.

    O garoto voltou então para cozinha vendo o moreno mais velho com os braços sobre a mesa e cabeça sobre eles. Se aproximou então começando a fazer uma massagem no namorado, ouvindo ele gemer com os toques.
    Jack... O que o Mark disse....” começou mas não terminou, não tinha coragem para tal, foi o último a entrar na relação isso porque Mark e Jackson eram namorados a algum tempo, mas viviam brigando pelo motivo de Jackson “ser um galinha” segundo Mark, o que fez com que em uma dessas brigas se tornasse vítima do que ainda estava presente na casa, sendo depois consolado por Mark ao descobrir que o outro não passava de um cafajeste, e nesses vai e vem da vida ambos pediram que namorasse com eles, relutou a aceitar no começo, mas olha onde estavam agora
    “Ela era uma amiga minha, só isso, Mark exagera” isso era verdade o mais velho dentre os três costumava a ser o mais dramático, sendo quase sempre quem iniciava uma discussão, mas sabia também que ele não dava ponto sem linha. Suspirou baixo esperando que Jackson continuasse a falar “Tudo bem que… A muito tempo mesmo, eu me envolvi com ela… Mas é passado!” E BINGO! Pensaria Bambam, era fácil desvendar os namorados. Mark tinha ciúmes de Jackson com qualquer um que fosse, imagine então se a pessoa fosse alguém do passado de Jackson?
    Jack… Tenta olhar pelo lado do Mark” Começaria fazendo o namorado começar a lhe ouvir “Sei que se arrependeu do que fez no passado, mas ele ainda foi muito machucado, você sabe disso” Falou por fim fazendo Jackson suspirar.
    Bambam estava certo, mas não assumiria isso de modo algum. Ficou quieto enquanto sentia a massagem do namorado, e foi então que percebeu um fato engraçado, Mark tinha saído dito que iria a faculdade, porém era um domingo! Ele não tinha aula aos domingos!
    Bambam… Onde mesmo que o Mark disse que iria?” Perguntou sentindo o namorado para de lhe massagear
    Ele disse que ia para a faculdade…” Disse o mais novo enquanto tentava raciocinar corretamente “Mas… Hoje… Hoje é domingo!” Diria um pouco irritado e pegaria o primeiro celular que visse na frente, consequentemente o de Jackson, e discaria o número do namorado mais velho. Demorando alguns segundos para ser atendido
    O que quer Jackson?” A voz rouca soava irritada
    Mark… Sou eu…” Diria ouvindo o outro suspirar
    Oi Bambam, o que aconteceu? Jackson aprontou alguma?” Perguntaria um pouco mais calmo
    Não exatamente… Eu só… Queria saber… Por que você foi para faculdade em um domingo” Perguntaria e então morderia o lábio
    Eu tenho um trabalho em grupo para fazer, eu ia lhe avisar ontem, mas Sabe né” Ouviria a voz cansada do namorado do outro lado, e então mais alguns sons “Eu tenho que desligar Bambam, depois nos falamos” e a linha ficou muda, olhou para Jackson e suspirou
    Somos só nós mesmo” disse a ele um pouco decepcionado

    ________

    Bambam tinha que admitir, quando Jackson queria algo ele fazia de tudo para ter. Estava a mais de vinte minutos tentando prestar atenção no filme que passava, mas o moreno não deixava, sempre mordendo seu pescoço ou lhe roubando beijos, não negava nada ao namorado, nunca o faria, amava ele de mais para o fazer, mas era um pouco chato não poder assistir ao filme, acabou desistindo de vez quando o namorado subiu por cima de si, tampando totalmente a visão da televisão, rodou os olhos antes de enlaçar o pescoço do outro e passar a retribuir os toques, mas tomando cuidado para não deixar a coisa esquentar, se sentia culpado por passar de beijos com apenas um dos namorados presentes.
    Ficaram simplesmente ali, aproveitando um ao outro durante o dia todo, almoçaram comida congelada, visto que nenhum deles tinha interesse, muito menos sabiam, fazer algo melhor, era sempre Mark que cozinhava na casa. E depois deitaram na cama do mais novo, apenas para ficarem se abraçando e conversando.
    Era tarde quando Mark chegou, e Bambam não pensou duas vezes antes de trocar Jackson, não antes de dar um selinho no namorado, e correr para abraçar o outro, sendo recebido de bom grado, e em poucos segundos já se beijavam apaixonadamente, como sempre era com Mark. O loiro era carinhoso em demasiado, cuidadoso com tudo, Bambam gostava disso, porem fazia com que Mark pecasse um pouco entre quatro paredes, Jackson então era quem entrava em ação, Bambam simplesmente estava ali para manter a ordem, amar e ser amado por ambos.
    Senti sua falta” disse a Mark e então o olhou “sentimos a sua falta” se corrigiu fazendo Mark rodar os olhos, sabia que o loirinho ainda estava irritado com o outro, mas sabia que isso passaria assim que o visse, eles simplesmente não conseguiam passar o dia todo sem se ver e continuar brigados quando finalmente se encontrassem.
    E foi exatamente o que aconteceu. Assim que Bambam soltou Mark, o mesmo já estava entre os braços de Jackson, que sussurrava algumas palavras em seu ouvido, que logo fizeram Mark rir e então retribuir o abraço do outro, e não demorou muito para que se beijassem por um longo tempo, fazendo Bambam criar um bico infantil por ser deixado de lado.
    Não tardou para que os três, em poucos minutos, estivessem em cima da cama, saciando a saudade carnal que sentiam um do outro, com gemidos abafados, corpos suados e sorrisos satisfeitos, essa fora a noite desses três.

    Não era um casal comum, primeiramente por serem mais de duas pessoas, mas se amavam incondicionalmente, e não importava o quando brigassem, sempre quereriam voltar para os braços um do outro quando anoitecesse, então por que? Se perguntava Bambam. Por que raios eles tinham que se esconder do mundo? Eles se amavam! Queria tanto mostrar isso para o mundo, e tentaria a todo custo convencer os namorados, mas mal sabia ele que isso daria muita dor de cabeça.


    _________________

      Data/hora atual: Qua Nov 22, 2017 6:28 am